• Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

© 2014 por RLB/CPT Todos os direitos reservados

Ganhadores

 
04-_Mariana_Berquó_GANHADORAed.jpg
11-_Roberta_Araújo_1_GANHADORA_ed.jpg
00- Olívia Araújo Ganhadora.jpg

Indicados

01 marcia angelo ed.jpg
02 Henrique Drumond ed.jpg
03_Ângela_Christina_ed.jpg
05- Igor Rangel ed.jpg
06- Mariana Dias ed.jpg
07- Gustavo ed.jpg
08- Ana Elisa Minardi ed.jpg
09- Rafaela Carolinaed.jpg
10- Ana Maria Ferreira ed.jpg
12- Maria Eduarda Mesquita ed.jpg
13- Lara Capanema ed.jpg
14- Luiza Moreira de Moroed.jpg
15- Larissa Santiagoed.jpg
16- Pedro Rabelo ed.jpg
17- Marina Buratto.jpg
19- Jeff Guides ed.jpg
20- Isabela Coutinho.jpg

Entrevista Mariana Berquó

Ganhadora na Categoria Infantil do troféu de Melhor Atuação

1- Como se sentiu ao ser indicado(a) ao troféu CPT deste semestre?

Foi uma surpresa e felicidade muito grande!

Acho que mesmo não sendo a primeira vez que fui indicada, é sempre muito gratificante saber que meu trabalho duro e paixão na peça foram notados e valorizados por profissionais tão incríveis...

2- E quando foi anunciado(a) como ganhador(a)? Como se sentiu?

Quando anunciaram que eu havia ganhado, meu coração bateu muito rápido e eu me senti muuuuito feliz e agradecida! Acho que a ficha demorou bastante a cair rsrs 

3- Como sua(s) personagem(ns) te fez(fizeram) crescer?

A Afrodite sempre foi uma personagem que me interessou e me encantou muito, desde a leitura do texto até as pesquisas sobre ela, afinal ela é uma deusa, e na minha opinião a mais interessante delas... com certeza nunca mais vou atuar do mesmo jeito depois de ter tido a experiência incrível de interpretá-la! 

4- O que mais gosta no curso de teatro do CPT?

Gosto de tudo mesmo! Mas principalmente dos textos escolhidos para cada semestre... Os professores também devem ser citados e muito elogiados já que nos ajudam sempre a crescer como atores e pessoas!

5- Qual(is) outro(s) hobby(ies) você possui?

Acho que sempre amei dançar, e atualmente meus principais hobbies são as aulas de jazz e sapateado.

6- Para quem você acredita que o teatro sirva?

Pra mim, o teatro serve para qualquer um que esteja disposto a viver experiências únicas e se entregar 100%.

7- Quem você convidaria para vir fazer o curso de teatro com você? Por quê?

Convidaria todos que queiram experimentar uma das melhores sensações do mundo! Fica o convite pra todos aqueles que têm vontade de fazer teatro! Se joguem gente! 

8- Quer deixar um agradecimento ou recado especial?

Eu queria agradecer imensamente a Ju, professora maravilhosa que me acompanhou e ajudou nesse semestre e confiou em mim desde o começo, se não fosse por você nada disso seria possível! Muito obrigada por tudo!! S2

Parabéns pela premiação Mariana! Acompanhamos sua carreira já de longa data e estamos todos muito felizes com o seu sucesso!

A Loira do Banheiro - 185.jpg
 

Entrevista Roberta Araújo

Ganhadora na Categoria Adulta do troféu de Atuação Revelação

1- Como se sentiu ao ser indicada ao troféu CPT deste semestre?

Durante todo o semestre eu fiquei bastante focada, tentando encontrar o corpo desses três personagens masculinos com bagagens e pontos de vista tão diferentes dos meus. Ser indicada ao prêmio me fez sentir que o esforço foi reconhecido, e me trouxe um incentivo a mais para dar o melhor de mim.

 

2- E quando foi anunciada como ganhadora? Como se sentiu?

A peça tinha sido apresentada na noite anterior, ainda estavam latentes as sensações da véspera. Demorei um pouco para cair a ficha porque estava envolvida com lembranças da peça e com a presença dos meus colegas, todos muito lindos vestidos de gala para a premiação (nova tradição da nossa turma). Eu estava torcendo para qualquer um de nós levar para casa o troféu, e quando anunciaram meu nome, foi muito bom porque os dois colegas também indicados me abraçaram com muito carinho, e os colegas da plateia gritaram meu nome. É ótima a sensação de ter o trabalho reconhecido, especialmente com papeis que foram um desafio representar.

 

3- Como sua(s) personagem(ns) te fez(fizeram) crescer?

Foi o meu 3o semestre de CPT. Na 1a apresentação, fui uma ama na tragédia "Medeia" e tive que aprender a ser contida e receosa, sem isso me fazer desaparecer no palco. No 2o semestre, fui uma prostituta na comédia "A Loura do Bonfim" e eu pude ser muito livre nas marcações, escandalosa com a atuação, e a peça me ensinou a saber lidar com essa liberdade, como ir no caminho certo quando você tem liberdade de escolha. 

Agora, com esta 3a peça, o diretor Argileu me presenteou com três personagens masculinos com corpo, ideais e jeitos de falar muito diferentes de tudo que eu já tinha feito. Cresci com eles porque tive que procurar métodos de encontrar esses corpos e trejeitos, e ainda criar personalidades diferentes para cada um dos personagens. O guerrilheiro Pedro foi o mais agradável de encenar - porque nossas personalidades se parecem, e porque ele é mais livre (e ter encenado a prostituta na "Loura do Bonfim" ajudou nisso). Com o aldeão Filho do Suspeito, precisei encontrar um jeito de aparentar medo e humildade sem sumir no papel (mais uma vez, usando aprendizados de peças anteriores - a ama de "Medeia"). Já o Padre me rendeu muitas preocupações, demorei para entender o que ele queria na cena, quais eram os objetivos desse personagem; mas cresci, pois mesmo quando a gente não chega aonde quer, o caminho traz um tanto de descobertas. 

 

 4- O que mais gosta no curso de teatro do CPT?

Gosto de como o diretor Argileu confia no potencial da turma, bolando roteiros mirabolantes cheios de nuances, e de como a turma está sempre aberta para receber os desafios e botar tudo em prática.

 

5- Qual(is) outro(s) hobby(ies) você possui?

Meu hobbie é, de certa forma, meu ganha-pão: trabalho nos sets de filmagem, a maior parte do tempo nos bastidores (como assistente de direção, produtora e ocasionalmente pesquisadora de roteiro) e, se tudo der certo, cada vez mais na frente das câmeras. Fora isso, adoro assistir boas séries e ler depois sobre o making of - escolha do elenco, aspectos da direção de cena e de fotografia, curiosidades sobre a montagem de uma cena mais complicada, etc. Também participo de um Clube de Leitura que têm trazido discussões enriquecedoras para minha vida. 

 

6- Para quem você acredita que o teatro sirva?

Existe aquela frase que diz: "Teatro não é terapia, mas é terapêutico". Não encontrei o autor desse pensamento (quem souber, me conte!) mas concordo plenamente com a ideia. Teatro serve, é claro, para quem tem desejo de atuar. Mas, mais do que isso, o teatro te ensina sobre você mesmo - como é que seu corpo anda, fala, respira, sente e pensa em cada situação? O teatro coloca uma lupa no seu EU e te ajuda a descobrir. E ensina também sobre o mundo, porque depois de voltar os olhos para os outros, você os vê de outra forma. Fazer teatro te ajuda a falar melhor em público, a diminuir a timidez, a reaprender como fazer amigos, a ficar bem juntinho de você mesmo e, paradoxalmente, a sair totalmente do seu corpo para viver outros "alguéns" e aprender com eles.

 

7- Quem você convidaria para vir fazer o curso de teatro com você? Por quê?

Qualquer um que queira entender melhor sobre o mundo da atuação e sobre si mesmo. Acredito que a resposta anterior já explica o porquê.

 

8- Quer deixar um agradecimento ou recado especial?

Agradeço ao meu companheiro Osmar por ler os diálogos comigo e me ajudar a encontrar um tom interessante para as falas. Agradeço ao Argileu, nosso diretor, pela confiança na turma e pelos papeis desafiadores que ele me escolheu para representar. E agradeço a todos da minha turma pela camaradagem e companheirismo. Muita gente estava pisando no palco pela primeira vez, muita gente estava vivendo personagens desafiadores, e a turma conseguiu manter a concentração no palco e se apoiar para tudo correr lindamente bem. Meus personagens não eram principais em "O Labirinto do Fauno" - nenhum deles encontrou a Ofélia ou as criaturas mágicas - mas me senti sempre no palco, porque no dia da apresentação éramos um.

Roberta, parabéns por ter dado importância a todos seus papeis. Seu esforço, sem dúvidas, compensou! Adoramos acompanhar seus novos desafios e mergulhos! 

Troféu_CPT_adu_26.jpg
 

Entrevista Olívia Araújo

Ganhadora na Categoria Infantil do troféu de Atuação Revelação

1- Como se sentiu ao ser indicada ao troféu CPT deste semestre?

Eu me senti muito feliz e emocionada.

 

2- E quando foi anunciada como ganhadora? Como se sentiu?

Contente e emocionada também.

 

3- Como sua(s) personagem(ns) te fez(fizeram) crescer?

Aprendendo lições e outras coisas.

 

 4- O que mais gosta no curso de teatro do CPT?

Gosto do dia da apresentação.

 

5- Qual(is) outro(s) hobby(ies) você possui?

Ir ao cinema, desenhar, colorir, tomar sorvete e ler livros. 

 

6- Para quem você acredita que o teatro sirva?

Para as pessoas que acreditam na fantasia.

 

7- Quem você convidaria para vir fazer o curso de teatro com você? Por quê?

À minha prima Giovana, porque ela gosta muito de histórias.

 

8- Quer deixar um agradecimento ou recado especial?

Eu agradeço as  minhas professoras Jordana e a Cecilia e também ao CPT inteiro por me apoiar.

Olívia, estamos todos muito contentes com seu prêmio. Parabéns!

A Loira do Banheiro - 189.jpg
 

Entrevista Márcia Angelo

Indicada na Categoria Adulta do troféu de Atuação Revelação

1- Como se sentiu ao ser indicado(a) ao troféu CPT deste semestre?

Me senti muito feliz, grata e vitoriosa, pois uma indicação a um prêmio como esse já é uma vitória, é um reconhecimento de um trabalho, da dedicação que tive durante todo o semestre.

 

2- Há quanto tempo faz teatro?

Faço teatro no CPT há 1 ano, mas atuei há 14 anos atrás com atriz profissional, possuo DRT há 14 anos, mas desde 2005 que não atuava mais, então busquei o CPT para me ajudar a voltar aos palcos de BH.

 

3- O que você mais gosta no curso de teatro do CPT?

Gosto de tudo, principalmente de meu professor/ diretor Argileu Rodrigues, mas o que mais me chamou atenção ao escolher o CPT foi poder fazer uma montagem completa e atuar em um grande palco .

 

4- Qual foi seu maior desafio e como fez para superá-lo?

Foi trazer à personagem a doçura e a rigidez ao mesmo tempo.

 

5- O que sua personagem te ensinou?

Me ensinou a ser doce e dura ao mesmo tempo.

6- Quem você convidaria para subir ao palco e atuar com você? Por quê?

onvidaria o Argileu Rodrigues, porque o admiro muito como pessoa e como profissional.

 

7- Que recado daria a quem nunca fez teatro?

Simplesmente faça, teatro não é apenas para quem quer ser ator de profissão e sim para quem quer uma vida leve, alegre, rodeada de amigos.

8- Gostaria de deixar uma mensagem especial para alguém?

Não posso deixar de dizer a esse “gigante” que nos rege no palco, Argileu Rodrigues, o quanto eu o admiro, sou sua fã. Beijão Argileu!!!

Parabéns pela indicação Márcia! Pelo visto você curtiu seu retorno aos palcos, e nós também! Continue atuando!

Márcia (3).jpg
 

Entrevista Henrique Drumond

Indicado na Categoria Infantil do troféu de Atuação Revelação

1- Como se sentiu ao ser indicado(a) ao troféu CPT deste semestre? 

Me senti muito feliz.
 

2- Há quanto tempo faz teatro?

Há dois anos, mas no CPT desde março de 2019.
 

3- O que você mais gosta no curso de teatro do CPT?

Tudo que minha professora Camila me ensina. 
 

4- Qual foi seu maior desafio e como fez para superá-lo?

Meu maior desafio foi deixar a vergonha de lado na hora da apresentação. Esqueci a vergonha e foquei no personagem. 
 

5- O que sua personagem te ensinou?

Me ensinou a não ter medo de nada.

6- Quem você convidaria para subir ao palco e atuar com você? Por quê?

Convidaria meu amigo Rômulo, porque ele é muito engraçado. 
 

7- Que recado daria a quem nunca fez teatro?

Para deixar a vergonha de lado e fazer, porque é muito bom. 
 

8- Gostaria de deixar uma mensagem especial para alguém?

Agradecer a minha professora Camila Verona pelos ensinamentos nesse semestre. 

Parabéns pela indicação Henrique! Pelo visto você obteve muitos ensinamentos com este trabalho. Continue crescendo e conte conosco!

Henrique (3).jpg
 

Entrevista Ângela Christina

Indicada na Categoria Adulta do troféu de Atuação Revelação

1- Como se sentiu ao ser indicado(a) ao troféu CPT deste semestre?

Foi uma alegria imensa! O reconhecimento do meu esforço e dedicação aos ensaios e estudos. Um feedback que estou no caminho certo! Tenho muito a aprender.


2- Há quanto tempo faz teatro?

Comecei no primeiro semestre de 2019 por incentivo e insistência de amigos.


3- O que você mais gosta no curso de teatro do CPT?

Da convivência com a turma e a Professora Jordana. Das dinâmicas em sala de aula e de poder aprender a cada dia com esta turma maravilhosa, além dos desafios propostos a cada aula. Construímos laços muito fortes e nos tornamos uma grande família.


4- Qual foi seu maior desafio e como fez para superá-lo?

A marcação das cenas. Foram vários ensaios para eu memorizar. Eu contei com a valorosa ajuda dos meus colegas, em especial, das Musas. Sou muito grata a todos eles.


5- O que sua personagem te ensinou?

Calíope é dotada de uma bela voz. É a Musa grega da eloqüência. Aprendi a ter uma colocação da voz no palco. Voz firme e com as palavras bem articuladas de modo que o texto pudesse ser compreensível até mesmo pelas pessoas que estivessem sentadas no fundo do Teatro SESIMINAS. Como ela era a mais velha e mais sábia das Musas, ela nos incentiva a estudar e aprender cada vez mais para alcançar nossos objetivos.

 

 6- Quem você convidaria para subir ao palco e atuar com você? Por quê?

Tenho vontade de atuar com colegas de turma que não contracenei diretamente, tendo em vista a sintonia que tivemos desde o primeiro contato. Quero também poder atuar com a Jordana Luchini por ser minha primeira mestra e por seu extenso currículo e experiência.

Quantos aos famosos, é um sonho a ser realizado  por todo (a) artista em poder atuar com Paulo Gustavo, Dani Calabresa, Mônica Martelli, Tatá Werneck, Ingrid Guimarães, Glória Pires, Tony Ramos, Matheus Nachtergaele, Rodrigo Sant'Anna, Thalita Carauta, Marcos Veras e Fábio Porchat, dentre outros, por serem referência em comédia que é a área que pretendo me especializar. Paulo Gustavo possui uma gama de personagens e fico admirada com sua versatilidade cênica! Também sou mega fã do Grupo "Desculpa Qualquer Coisa", composto pelos humoristas Bruno Berg, Bruno Costoli, João Basílio e Thiago Carmona. Eles são muito criativos e inteligentes.

 

7- Que recado daria a quem nunca fez teatro?

O Teatro é transformador!!! É mágico e desafiador! É um "mergulho" no auto-conhecimento. Tem a função social de levar informação, cultura e propiciar entretenimento às pessoas. Nos dá a oportunidade de fazer novas amizades e modifica consideravelmente nosso olhar com o mundo à nossa volta.


8- Gostaria de deixar uma mensagem especial para alguém?

Sim. Aos meus familiares e amigos pelo apoio e incentivo, em especial, à minha mãe Terezinha que é exemplo de força, coragem e determinação. Agradeço também ao público que nos prestigiou. Sentimos toda a energia positiva no palco. Muito obrigada!!!

Parabéns pela indicação Ângela! Acompanhamos toda sua dedicação à turma e sua força de vontade em sempre buscar mais e mais. Continue! Estaremos por perto até quando quiser!

Angela (5).jpg
 

Entrevista Igor Rangel

Indicado na Categoria Adulta do troféu de Atuação Revelação

1- Como se sentiu ao ser indicado(a) ao troféu CPT deste semestre?

Eu me senti realizado. Pude ver que todo esforço que estava colocando nas aulas estava sendo notado.


2- Há quanto tempo faz teatro?

Faço teatro há mais de um ano. Profissionalmente.


3- O que você mais gosta no curso de teatro do CPT?

Eu amo as aulas no geral. Tudo é passado de forma verdadeira e sucinta.


4- Qual foi seu maior desafio e como fez para superá-lo?

Meu maior desafio foi conseguir encarnar a maldade e perversidade do meu personagem. Eu consegui isso através dos colegas que contracenavam comigo e através de estudos de pessoas dessa forma, mas foi bem complicado, eu sentia uma energia horrível falando e agindo daquela forma em cena. Sempre pedia desculpas às pessoas que eu maltratava.


5- O que sua personagem te ensinou?

Me ensinou a ver as coisas de outras formas e me tirou da zona de conforto.

 

 6- Quem você convidaria para subir ao palco e atuar com você? Por quê?

Eu convidaria meu professor, Argileu. Passei dois semestres como seu aluno e morro de curiosidade de saber como seria passar esse tempo como atores e colegas de cena.

 

7- Que recado daria a quem nunca fez teatro?

Faça teatro. Simples assim. É uma energia incrível e arte é sempre uma forma de recarregar nossa energia.


8- Gostaria de deixar uma mensagem especial para alguém?

Queria agradecer aos meus colegas de sala e principalmente à minha panelinha (rsrs) que fizeram eu me divertir muito esse semestre e me apaixonar cada vez mais pelo teatro.

Parabéns pela indicação e dedicação, Igor! Continue se desafiando e se redescobrindo através do teatro. Conte conosco pelo caminho!

Igor Rangel (3).jpg
 

Entrevista Mariana Dias

Indicada na Categoria Infantil do troféu de Melhor Atuação

1- Como se sentiu ao ser indicado(a) ao troféu CPT deste semestre?

Fiquei muito feliz e muito grata, pelo reconhecimento de todo trabalho desenvolvido durante o semestre.


2- Há quanto tempo faz teatro?

Já tem 3 anos que faço teatro!!


3- O que você mais gosta no curso de teatro do CPT?

Gosto muito da professora Cris Oliver, e todos que me ajudaram a desenvolver essa e outras peças, o Argileu (que ajudou na maquiagem da peça "As Estripulias do Gato de Botas") as figurinistas, e a todos os outros que contribuíram de alguma forma para que o espetáculo acontecesse. ​


4- Qual foi seu maior desafio e como fez para superá-lo?

Meu maior desafio foi fazer com que meu personagem mantivesse uma postura de um zelador, mas ao mesmo tempo um pouco brincalhão, e às vezes um pouco sério.


5- O que sua personagem te ensinou?

O meu personagem me ensinou que não devemos confiar em qualquer pessoa, mesmo que ela seja muito próxima de nós, devemos conhecer bem com que falamos e defendemos. 

 

 6- Quem você convidaria para subir ao palco e atuar com você? Por quê?

Eu convidaria alguns amigos que fiz, durante a minha 1ª peça, na verdade, seria muito bom poder fazer uma peça com eles novamente (Lourdes Camille e Juliana Fontana).

7- Que recado daria a quem nunca fez teatro?

Acho que todos deveriam fazer, pois além de conhecer pessoas maravilhosas, durante o desenvolvimento da peça, você aprende várias virtudes, como união, respeito e aprende também que juntos somos mais fortes, para que uma peça aconteça precisa da união de todos, o que é muito bom.


8- Gostaria de deixar uma mensagem especial para alguém?

Queria agradecer a Cris, por ter muita paciência, dedicação e esforço para que a peça acontecesse, as figurinistas, ao Cpt, aos meus colegas de sala e a todos que ajudaram a desenvolver e fazer com que a peça acontecesse.

Mariana, parabéns pela indicação! Ficamos muito felizes em acompanhar sua trajetória!

A Loira do Banheiro - 28.jpg
 

Entrevista Gustavo de Carvalho

Indicado na Categoria Infantil do troféu de Atuação Revelação

1- Como se sentiu ao ser indicado(a) ao troféu CPT deste semestre?

Eu senti que foi uma missão cumprida, porque eu me esforcei e dei o melhor de mim.


2- Há quanto tempo faz teatro?

Seis anos e meio.


3- O que você mais gosta no curso de teatro do CPT?

O que eu mais gosto são dos professores e dos colegas.


4- Qual foi seu maior desafio e como fez para superá-lo?

O meu maior desafio foi na peça O Avarento, por causa do tipo de fala. Eu consegui me superar por causa do meu esforço, pois eu peguei o texto todos os dias até eu decorá-lo.
 

5- O que sua personagem te ensinou?

O meu personagem me ensinou a ser mais animado, ativo, porque eu vi essas duas coisas no Pedrito.

 6- Quem você convidaria para subir ao palco e atuar com você? Por quê?

Eu convidaria o meu primo mais velho, o Pedro. Porque eu vejo nele uma chance de melhorar a timidez, porque ele é alegre e divertido, aí seria uma chance de superação.

7- Que recado daria a quem nunca fez teatro?

Teatro é a melhor coisa do mundo, te faz ser uma outra pessoa. Uma pessoa mais feliz e alegre, te faz conhecer novos personagens e novas pessoas em você.


8- Gostaria de deixar uma mensagem especial para alguém?

Eu gostaria de deixar uma mensagem para o meu professor, o Argileu, pois ele me viu crescer. Argileu eu sou muito grato a você. Você é uma pessoa que participou de grande parte da minha vida no teatro. 

Eu sempre quis ser ator e você foi quem começou a me ajudar a realizar esse sonho.

Gustavo, toda a equipe do CPT fica muito feliz em saber que estamos te ajudando a concretizar uma vontade. Parabéns por mais esta indicação. Ela mostra o quanto você tem crescido a cada trabalho. Continue!

Gustavo de Carvalho (3).jpg
 

Entrevista Ana Minardi

Indicada na Categoria Infantil do troféu de Atuação Revelação

1- Como se sentiu ao ser indicado(a) ao troféu CPT deste semestre?

Eu me senti vitoriosa.                  


2- Há quanto tempo faz teatro?

Faço teatro há 4 (quatro) meses.


3- O que você mais gosta no curso de teatro do CPT?

Eu gosto de atuar.


4- Qual foi seu maior desafio e como fez para superá-lo?

Meu desafio foi interpretar minha primeira personagem. A superação foi elaborando e estudando cada vez mais...

5- O que sua personagem te ensinou?

Minha personagem me ensinou a ter novas ideias.
 

 6- Quem você convidaria para subir ao palco e atuar com você? Por quê?

Convidaria meus pais. Porque ensaiei o texto com eles e vi que também são capazes de atuar.
 

7- Que recado daria a quem nunca fez teatro?

Para ser ousado em tentar uma coisa nova.
 

8- Gostaria de deixar uma mensagem especial para alguém?

Gostaria de agradecer minha professora Camila Verona que me fez perceber o meu dom e o prazer que tenho em atuar.

Parabéns pela indicação, Ana. Em tão pouco tempo você já se mostrou ser muito capaz! Sucesso para você e continue caminhando!

Gnomos e Duendes - 71.jpg
 

Entrevista Rafa Silva

Indicada na Categoria Infantil do troféu de Atuação Revelação

1- Como se sentiu ao ser indicado(a) ao troféu CPT deste semestre?

Eu me senti feliz, porque aos poucos vou conquistando o meu sonho.
             

2- Há quanto tempo faz teatro?

Há um ano e meio.


3- O que você mais gosta no curso de teatro do CPT?

Eu gosto de marcar cenas com os meus amigos.


4- Qual foi seu maior desafio e como fez para superá-lo?

O meu maior desafio foi falar em alto tom e com a ajuda da minha professora estou conseguindo aumentar o tom de voz.

5- O que sua personagem te ensinou?

A ter sempre bom humor e superar as coisas sorrindo.

 6- Quem você convidaria para subir ao palco e atuar com você? Por quê?

Lorena Queiroz. Porque eu gosto do estilo dela de atuar.

7- Que recado daria a quem nunca fez teatro?

Teatro é bom porque você encontra novos amigos, tem novas experiências e vence alguns obstáculos que podem impedir você futuramente.

 

8- Gostaria de deixar uma mensagem especial para alguém?

Sim, para 03 pessoas especias. Primeiramente para os meus pais, que me apoiaram para fazer teatro, " Muito obrigada, amo vocês". E para a minha professora Juliana " Professora muito obrigada por me incentivar a cada semestre".

Rafa, parabéns pela indicação! Ela mostra que você tem crescido e está trilhando a direção certa!

Rafaela (8).jpg
 

Entrevista Ana Maria Ferreira

Indicada na Categoria Infantil do troféu de Melhor Atuação

1- Como se sentiu ao ser indicada ao troféu CPT deste semestre?
Feliz por saber que com muito trabalho eu consegui mais uma vez ser indicada.


2- Há quanto tempo faz teatro?
Há um ano e meio


3- O que você mais gosta no curso de teatro do CPT?
A forma como os professores auxiliam os alunos, como um ajudam ao outro


4- Qual foi seu maior desafio e como fez para superá-lo?
Meu maior desafio foi eu ter "comido" várias palavras em meu texto. Treinando bastante superei ele.


5- O que sua personagem te ensinou?
Meus personagens me ensinaram a diversidade de alguém que achava que era apenas um pintor.


6- Quem você convidaria para subir ao palco e atuar com você? Por quê?
Minha mãe, eu amo muito ela, seria uma honra atuar ao lado dela pois foi uma dançarina e atriz magnífica e ainda é, mas não pode subir nos palcos.


7- Que recado daria a quem nunca fez teatro?
Teatro não é só subir ao palco, teatro é aprender em conjunto, teatro é ajudar e ser ajudado, pra mim, teatro é vida.


8- Gostaria de deixar uma mensagem especial para alguém?
Queria dizer que amo muito minha mãe e minha avó que me ajudam bastante e me influenciam positivamente para continuar a seguir meus sonhos. Também tenho muito a agradecer à Jordana Luchini que me ajudou muito, beijo para essas três mulheres guerreiras que eu amo muito.

Parabéns pela indicação Ana Maria! Temos visto você crescendo a cada trabalho. Continue a jornada e conte sempre conosco!

O Fabuloso Da Vinci - 92.jpg
 

Entrevista Duda Mesquita

Indicada na Categoria Infantil do troféu de Melhor Atuação

1- Como se sentiu ao ser indicada ao troféu CPT deste semestre?

 Me senti muito emocionada e realizada.


2- Há quanto tempo faz teatro?

Há 4 anos e a cada ano aprendo e melhoro mais.


3- O que você mais gosta no curso de teatro do CPT?

Gosto muito das aulas e da oportunidade de aprender técnicas novas e de fazer amigos.


4- Qual foi seu maior desafio e como fez para superá-lo?

Eu fiz dois personagens, então mudar a voz, características e muitas outras coisas, foi a maior dificuldade. Consegui vencer com muito ensaio e estudo do personagem. Outro ponto foi durante a apresentação, as trocas de figurino em curtos espaços de tempo.


5- O que sua personagem te ensinou?

Minha personagem me ensinou a ter paciência e tolerância. E a tentar resolver os problemas.


6- Quem você convidaria para subir ao palco e atuar com você? Por quê?

Minha mãe. Porque foi ela que me inspirou em meus personagens e meu laboratório para esta apresentação rsrsrs.


7- Que recado daria a quem nunca fez teatro?

Gostaria de dizer que o teatro é muito importante para nosso desenvolvimento cultural e intelectual. Melhora a leitura, a fala, a escrita e vários outros aspectos.


8- Gostaria de deixar uma mensagem especial para alguém?  

Gostaria de deixar uma mensagem para a Cris que, sendo uma ótima professora, me incentiva e capacita para ser cada vez melhor. E para a minha família que me prestigia em todos os momentos. E para a minha mãe que faz o possível e o impossível para eu viver esse sonho.

Duda, parabéns pela indicação! Seu empenho são perceptíveis em sala e nos palcos. Continue crescendo!

A Loira do Banheiro - 89.jpg
 

Entrevista Lara Capanema

Indicada na Categoria Infantil do troféu de Atuação Revelação

1- Como se sentiu ao ser indicada ao troféu CPT deste semestre? 

Me senti surpresa e muito feliz, pois a indicação é uma forma de mostrar que seu esforço durante todo o semestre valeu a pena e foi reconhecido.

2- Há quanto tempo faz teatro?

Comecei a fazer cursos de teatro em 2017, e, com o CPT há um ano e seis meses, em que eu realmente aprendi muito.

3- O que você mais gosta no curso de teatro do CPT?

É realmente muito difícil escolher apenas uma coisa, mas acho que algo que gosto muito é o profissionalismo e ao mesmo tempo o carinho com que tudo é feito, desde a sala de aula até o palco.

4- Qual foi seu maior desafio e como fez para superá-lo?

Acho que neste semestre o que mais me preocupou foi ter que entrar pela platéia, pois não sabia o que poderia acontecer, mas sempre que ficava nervosa tinha o apoio do resto do elenco.

 

5- O que sua personagem te ensinou?

Minha personagem me ensinou muita coisa, mas principalmente me ajudou em coisas que sempre tive dificuldade, como, volume, dicção e posicionamento.

6- Quem você convidaria para subir ao palco e atuar com você? Por quê?

Para subir ao palco comigo convidaria minhas amigas, em especial, Mariana, que sempre passou horas ensaiando comigo.

 

7- Que recado daria a quem nunca fez teatro?

Diria que fazer teatro é uma excelente oportunidade à todos, pois durante o curso se aprende muito, não só sobre o teatro em si, mas também muitas outras coisas para levar para a vida toda.

8- Gostaria de deixar uma mensagem especial para alguém?  

 Sim, aos meus pais e avós, pois sempre me apoiaram muito e sem eles não estaria aqui.

Parabéns pela indicação, Lara! Você está no caminho certo. Continue focada e vencendo sempre os desafios. Conte conosco!

As Cigarras e as Formigas - 41.jpg
 

Entrevista Luísa Moreira

Indicada na Categoria Infantil do troféu de Melhor Atuação

1- Como se sentiu ao ser indicado(a) ao troféu CPT?

Fiquei muito feliz pela indicação, adorei.

2- Há quanto tempo faz teatro?

Faço teatro há 2 anos.


3- O que você mais gosta no curso de teatro do CPT?

Gosto muito CPT, porque eles nos ajudam a enfrentar os desafios e dificuldades.


4- Qual foi seu maior desafio e como fez para superá-lo?

Meu maior desafio foi a timidez e dificuldade em falar  alto.  O que mais me ajudou a enfrentar essas dificuldades, foi o apoio dos professores.


5- O que sua personagem te ensinou?

 A crescer como artista.


6- Quem você convidaria para subir ao palco e atuar com você? Por quê?

Larissa Manoela, porque sou muito fã dela.


7- Que recado daria a quem nunca fez teatro?

Façam teatro, é uma coisa única e a gente se diverte muito.


8- Gostaria de deixar uma mensagem especial para alguém?

Obrigada, professoras, pelo carinho e dedicação!

Parabéns pela indicação Luísa! Sua dedicação e empenho valeram a pena!

LUISA DE MORO (3).jpg
 

Entrevista Cissa Santiago

Indicada na Categoria Adulta do troféu de Atuação Revelação

1- Como se sentiu ao ser indicado(a) ao troféu CPT?

Acredito que explicar sentimentos é muito difícil, ainda mais um desses em que o coração quase explode de emoção. Ao ser indicada me senti muito feliz e especial, logo eu, cercada de tantos colegas talentosos e esforçados, ser escolhida foi um prazer e um incentivo dos grandes para continuar no teatro e acreditar mais em mim. 

2- Há quanto tempo faz teatro?

Desde pequena sabia que gostava do mundo artístico, sempre gostei de participar de peças teatrais na escola e de apresentações em geral. Entrei no teatro através de um projeto chamado "Palavra Viva" e fiquei lá durante 6 meses e é meu segundo semestre no Sesiminas com o CPT.


3- O que você mais gosta no curso de teatro do CPT?

Difícil escolher uma coisa só. Gosto das dinâmicas que trabalham a harmonia da turma, gosto das coreografias nas peças, gosto da hora de descobrir o personagem... Enfim, gosto do curso como um todo! 


4- Qual foi seu maior desafio e como fez para superá-lo?

Meu maior desafio nesse semestre foi preocupar mais comigo durante alguns ensaios. A observação tanto minha, quanto dos outros me ajudou a parar e pensar nas minhas atitudes, me fez querer acreditar mais no meu potencial e me ensinou a prestar mais atenção em mim e no que eu estava fazendo.


5- O que sua personagem te ensinou?

A musa Euterpe, minha musa da música, me ensinou que eu sou capaz e poderosa. No dia da apresentação, principalmente, me senti muito bem e linda e minha personagem me fez entender que mesmo pela delicadeza da flauta (instrumento que representa a música) ou pela firmeza no olhar, que eu sou apta a estar naquele lugar. 


6- Quem você convidaria para subir ao palco e atuar com você? Por quê?

Chamaria a atriz Taís Araujo simplesmente por eu ser apaixonada com ela e por achar que o lugar da minha personagem se encaixa na mulher maravilhosa que ela é. 


7- Que recado daria a quem nunca fez teatro?

Primeiramente queria dizer pra você que nunca fez teatro não julgar sem conhecer.

Tenho certeza que o teatro não é simples como você pensa e que ele pode te surpreender, afinal de contas um espetáculo já diz o quanto é bom simplesmente pelo nome. 


8- Gostaria de deixar uma mensagem especial para alguém?

Gostaria de agradecer à diretora Jordana, a figurinista e sua auxiliar, toda equipe do CPT em geral e a minha turma do primeiro semestre de 2019 que foi essencial para que tudo saísse perfeito aos nossos olhos.

Obrigada do fundo do coração por essa indicação, se o intuito de vocês era incentivar vocês conseguiram!!

Não tem nada melhor que um apoio, me senti acolhida e espero um dia ter a honra de receber esse prêmio hahaha !

Parabéns pela indicação Cissa! O prêmio é disputado, mas com certeza você já está colhendo importantes frutos em seu exercício teatral. Em breve você com certeza chega lá!

 

Entrevista Pedro Rabelo

Indicado na Categoria Adulta do troféu de Melhor Atuação

1- Como se sentiu ao ser indicado(a) ao troféu CPT deste semestre?

Me senti extremamente lisonjeado e empolgado com a indicação pois mostrou que toda minha dedicação durante o semestre não foi em vão, e que eu estava sendo reconhecido pelo meu trabalho.


2- Há quanto tempo faz teatro?

Iniciei no CPT no primeiro semestre de 2019, porém já havia feito algumas apresentações na escola e na faculdade, onde eu tive proximidade com os palcos.


3- O que você mais gosta no curso de teatro do CPT?

A interação que criamos dentro de sala de aula e o método de ensino do curso que nos incentiva a ter experiências dentro e fora de sala e os métodos aplicados para que possamos aprender várias técnicas do teatro.


4- Qual foi seu maior desafio e como fez para superá-lo?
Encontrar o tom certo para o meu personagem, pois mesmo pesquisando e estudando sobre sua história, eu ainda queria deixá-lo com a minha personalidade.

Durante os ensaios fui aprimorando as técnicas e escutando os conselhos dos colegas e da professora Jordana.

 

5- O que sua personagem te ensinou?

Meu personagem, Cloto, é uma parca/moira, que na mitologia juntamente de suas irmãs eram responsáveis por tecer o fio da vida de todas as pessoas, fossem eles deuses, semideuses e humanos, ou seja, estando com tudo sob controle e com o destino em suas mãos. Com Cloto aprendi a ter o domínio do meu texto e falas, pois tendo esse controle eu pude me divertir em cena.


6- Quem você convidaria para subir ao palco e atuar com você? Por quê?

Tenho muitas inspirações no mundo artístico, pessoas que de alguma forma me influenciam e inspiram a seguir minha carreira como ator, e uma delas é Jordana Luchini, minha professora, que ao longo do semestre, com muita competência me mostrou como é prazeroso fazer teatro.

 

7- Que recado daria a quem nunca fez teatro?

Para que nunca fez teatro, FAÇA! É uma experiência única, a cada aula você observa o seu avanço, é uma ótima opção não só para quem quer seguir carreira como ator, mas também pessoas que querem desinibir e ter mais confiança, porque teatro é uma oportunidade de se conhecer e conhecer o outro. O teatro proporciona um novo olhar, uma nova perspectiva, cada vivência é transformadora.


8- Gostaria de deixar uma mensagem especial para alguém?

Gostaria de agradecer a todas as pessoas que me apoiaram, amigos e familiares que estão sempre presentes em todas minhas conquistas e vitórias, me incentivando e prestigiando. Meus colegas de turma pelo ótimo trabalho que fizemos juntos e nossa professora/diretora Jordana que nos orientou tão bem.

Pedro, parabéns pela indicação! Você já se mostrou um aluno responsável e apto a crescer no teatro. Continue sua jornada e conte conosco!

Narciso - 108.jpg
 

Entrevista Marina Buratto

Indicada na Categoria Infantil do troféu de Melhor Atuação

1- Como se sentiu ao ser indicado(a) ao troféu CPT deste semestre?

Muito feliz.

2- Há quanto tempo faz teatro?

Há um ano.

3- O que você mais gosta no curso de teatro do CPT?

O jeito divertido de ensinar e os professores.

4- Qual foi seu maior desafio e como fez para superá-lo?

Melhorar a articulação em certas falas. Superei com muito treinamento.

5- O que sua personagem te ensinou?

Francis me ensinou a me aventurar pela imaginação.

6- Quem você convidaria para subir ao palco e atuar com você? Por quê?

Meu pai, porque ele  fica fazendo gracinha sobre teatro e eu gostaria de vê-lo atuando ao vivo e a cores.

7- Que recado daria a quem nunca fez teatro?

É a melhor coisa do mundo e vale a pena!

8- Gostaria de deixar uma mensagem especial para alguém?

Camila, você é a melhor professora de teatro de mundo. Você é legal e inteligente. Não consigo pensar como seria essa peça dirigida por outra pessoa, pois você fez um ótimo trabalho. Também gostaria de agradecer por sempre me apoiar e quero que saiba que sempre te apoiarei.

Marina, estamos muito contentes em acompanhar o início de sua carreira no teatro. Continue se empenhando porque você terá um caminho lindo à sua frente!

Gnomos e Duendes - 24.jpg
 

Entrevista Jeff Guides

Indicado na Categoria Adulta do troféu de Melhor Atuação

1- Como se sentiu ao ser indicado(a) ao troféu CPT deste semestre?

Foi bastante surpreendente, por ser o meu primeiro ano com teatro e ter tantas pessoas incríveis na turma que são muito mais capacitadas e com muito mais talento do que eu .....achei muito bom...claro, mas foi um susto.....

2- Há quanto tempo faz teatro?

Um ano juntando com esse semestre do teatro no Sesiminas, fiz seis meses em outro lugar ....

3- O que você mais gosta no curso de teatro do CPT?

Aprender coisas novas, situações novas, conhecer pessoas diferentes, um desafio a cada dia, um novo olhar a cada dia, resumindo gosto de tudo kkkk.

4- Qual foi seu maior desafio e como fez para superá-lo?

Na verdade tudo foi um desafio para mim. Sou muito tímido e tenho dificuldade de memorizar as coisas. Ainda não superei pois acho que com o tempo vou ganhar habilidades e novas formas de treinar essa parte, mas tudo foi um desafio e a Jordana foi fundamental para que eu os superasse. Ela confiou em mim, o que foi uma surpresa porque deixei bem claro que eu era péssimo (kkkk) mesmo assim ela não desistiu e me levou a melhorar bastante...

5- O que sua personagem te ensinou?

Bom, aprendi a ter mais confiança. O personagem era Zeus, ou seja o rei de tudo e de todos. Precisava passar verdade nos seus atos, então precisei acreditar naquilo e me pôr à prova para dizer e fazer coisas que não faria sem atuar, sem interpretar esse personagem como por exemplo discutir sem me importar com a opinião dos outros. Ele é bem assim, um homem que quer que sua opinião seja respeitada e acatada. Foi incrível e muito gratificante para mim interpretá-lo.

6- Quem você convidaria para subir ao palco e atuar com você? Por quê?

Do curso do CPT no Sesiminas, Jordana, Marcela, Mateus Pain, Arthur, Ângela...bom, na verdade todos, porque admiro todos. Foi uma turma tão unida e tão talentosa que já está acontecendo de atuar e interpretar com eles novamente, me sinto muito lisonjeado. De atores que são conhecidos pelo grande público, Juliana Paes, Tony Ramos, Rodrigo Santoro, Fernanda Montenegro e Adriana Esteves (essa seria um sonho). Esses por terem uma história tão linda nas artes e por me fazerem acreditar que seus personagens são reais. Conseguir viver aquela história junto com o personagem, chorar com ele, amar com ele, odiar com ele...

7- Que recado daria a quem nunca fez teatro?

Faça teatro. Não só para quem quer atuar na área, mas para quem tem dificuldade de relacionar-se socialmente, quem tem timidez, dificuldade de falar em público, para desinibição, creio que seria ótimo para todos terem pelo menos um semestre, vai mudar pensamentos e vidas.

8- Gostaria de deixar uma mensagem especial para alguém?

À Jordana óbvio, agradecendo pela confiança e paciência, a todos os alunos da turma de sábado manhã, muito obrigado pelo carinho, pela parceria, por todos os momentos incríveis que vivemos e vamos viver. Agradecer aos meus amigos best friend Mateus Pain e Tércio que são como irmãos para mim, agradecer por estarem comigo, por me ajudar, obrigado a todos.

É isso aí Jeff! Muita resiliência e empenho. Reconhecer quem está à nossa volta também é um trabalho importante e difícil para alguns, não para você! Parabéns! Continue sua empreitada e conte conosco do CPT!

Narciso - 113.jpg
 

Entrevista Isabela Coutinho

Indicada na Categoria Infantil do troféu de Melhor Atuação

1- Como se sentiu ao ser indicado(a) ao troféu CPT deste semestre?

Me senti realizada e muito feliz, pois significa que eu atuei bem!

2- Há quanto tempo faz teatro?

Faço teatro há 2,5 anos.

3- O que você mais gosta no curso de teatro do CPT?

Do caminho até chegar no resultado.

4- Qual foi seu maior desafio e como fez para superá-lo?

O meu maior desafio foi construir a personagem porque a Psiqué é uma personagem muito sentimental e eu tive que desafiar meus limites pra conseguir interpretá-la.

5- O que sua personagem te ensinou?

Psiqué me ensinou que nós conseguimos consertar nossos erros.

6- Quem você convidaria para subir ao palco e atuar com você? Por quê?

Com minha prima Amanda, para a ajudar a perder a timidez.

7- Que recado daria a quem nunca fez teatro?

É muito bom fazer teatro porque nos ensina muitas coisas para a vida.
 

8- Gostaria de deixar uma mensagem especial para alguém?

Para minha professora Ju e para minha turma: Muito obrigada por sempre estarem prontos para ajudar a enfrentar os desafios juntos!

Isabela, parabéns pela indicação e empenho! Esperamos vê-la brilhar ainda muitas vezes nos palcos!

1ª Peça_02.jpg