Ganhadores

06- Marcella Membrive.jpg
05-_Anna_Victória_Lafeta.jpg
10- Maxwell.jpg
09-_Lívia_cardoso.jpg
 

Indicados

Davi Paim 2.jpg
Duda Mesquita 2.jpg
3- Ana Maria Ferreira2.jpg
07- Luciola.jpg
08- Roberta.jpg
05- Mariana.jpg
13-_Ana_Clara_Simões.jpg
14- Olívia.jpg
15- Miguel.jpg
04- Rafaela Bernardi.jpg
12- Isabelle Faria.jpg
16- Juju Lansdowne.jpg
17-_Luísa_de_Moro.jpg
18- Marina Burato.jpg
19- Gustavo Carvalho.jpg
21-_Ana_Carolina_Sayão.jpg
22- Marília Brandão.jpg
23- Gaby Duarte.jpeg
20- Thaylla.jpg

Entrevista Lívia Cardoso

Ganhadora na Categoria Adulta do troféu de Melhor Atuação

Lívia conta-nos um pouco de seu processo, sua criação, suas alegrias e alguns desafios que encontrou em seu último semestre junto ao CPT. Divirta-se com a leitura e inspire-se a fazer teatro também!

Desde que comecei a fazer teatro no CPT, no segundo semestre de 2015, fui indicada ao prêmio de atuação revelação e/ou melhor atuação, tanto que até brinquei na última indicação que se não ganhasse iria querer um prêmio pelo conjunto de indicação! E quando saiu o meu nome, apesar de tudo isso, fiquei surpresa e muito feliz! Foi muito legal ganhar o prêmio depois de ter participado de vários espetáculos, é como um reconhecimento por todo o esforço e dedicação!

Foi muito interessante também porque foi com uma personagem bem teatral! Com muita maquiagem, peruca e trejeitos! Minha personagem era uma prostituta/travesti, que fazia parte de um bordel, apresentando-se em shows junto com as outras “colegas de vida”. Pode-se dizer que ela não tem nada em comum comigo, mas a P1 (nome da personagem) tem uma alegria, uma vontade de ajudar e defender suas colegas, e de aprender que também são características minhas.

Atualmente, as terças-feiras (dia da aula/ensaio) são mais que especiais. Gosto muito das aulas/ensaios, são momentos de pura descontração e alegria, me divirto de verdade!! Gosto de ver o espetáculo sendo criado, se desenvolvendo, cada um achando seu caminho, e juntos construindo algo legal. O dia da apresentação é mágico! E após a peça é como estar em outra dimensão. Eu (e todo mundo também) fico totalmente leve, com uma alegria genuína.

Hoje acho que todo mundo deveria fazer teatro, pois é uma grande oportunidade para se desenvolver, se relacionar de igual para igual com pessoas de todas as idades e ideias, e se divertir.

O que mais gosto no CPT é o “fazer teatral”!!!

Deixo um recado a todos os colegas e ao queridíssimo Argileu que só poderia ser a oração do teatro: “Eu seguro a minha mão na sua, você segura a sua mão na minha, para que JUNTOS possamos fazer aquilo que eu não posso, aquilo que eu não devo e aquilo que não sei fazer sozinho: TEATRO”

PARABÉNS PELO PRÊMIO LÍVIA! REALMENTE VOCÊ É EXEMPLO DE DEDICAÇÃO E EMPENHO. SEU PROCESSO É ASSISTIDO PELA EQUIPE DO CPT E FICAMOS MUITO FELIZES EM ACOMPANHAR TODOS SEUS TRABALHOS. CONTINUE SE REDESCOBRINDO A CADA TRABALHO!

_DSC5514.jpg
 

Entrevista Maxwell Lopes

Ganhador na Categoria Adulta do troféu de Atuação Revelação

1- Como se sentiu ao saber que era o(a) ganhador(a) do Troféu CPT?

Extremamente surpreso, eu pensava que poderia ser indicado, mas não achava que poderia ganhar de fato. 

2- O que você e sua personagem têm em comum? E de oposto? 

Eu e o personagem Frazão somos otimistas e corremos atrás de nossos objetivos mesmo enfrentando adversidades e obstáculos. Uma das características que mais nos diferencia é a extroversão, ele sempre parece muito confiante para falar com as pessoas, mas isso é natural da profissão dele. 

3- Há quanto tempo está no CPT e o que descobriu até agora? 

Estou no CPT há um ano e descobri que o teatro nunca deixa de me cativar e encantar quem assiste. 

4- Responda em poucas palavras como se sente: 

a) Quando está ensaiando em sala 

Sinto-me feliz e engajado. 

b) Quanto está decorando seu texto 

Sinto o personagem ganhando vida. 

c) Quando o dia do espetáculo está chegando 

Muito ansioso. 

d) No dia do espetáculo 

Apesar do nervosismo me sinto feliz, porque todos se ajudam e a energia é sempre muito boa. 

e) Após o espetáculo 

Aliviado, mas na expectativa de apresentar mais uma vez! 

5- O que você mais admira em um grande ator (atriz)? 

A versatilidade, admiro atores e atrizes que conseguem sair de sua zona de conforto para fazer qualquer papel, dar vida a qualquer personagem. Isso nos ajuda a perceber que podemos ser quem nós quisermos! 

6- Você indicaria fazer teatro a alguém? Por que? 

Com certeza, teatro pode ser feito por qualquer um, como disse Augusto Boal: somos todos espect-atores. Eu indico o teatro como forma de escape para todos os problemas que enfrentamos em nosso dia a dia, você se sente leve e confortável nesse espaço. 

7- O que mais gosta no CPT? 

Eu admiro CPT por ser muito acolhedor, isso reforça o meu pensamento de que todos podem fazer teatro! 

8- Quer deixar um recado àqueles que mais te ajudaram este semestre? 

Eu quero agradecer principalmente a essa turma maravilhosa que me acompanhou por esse semestre e isso inclui a professora Jordana que me ajudou imensamente. Esse semestre foi muito bom pra mim, porque fiz amizades com boas pessoas, trabalhamos duro e no final entregamos um espetáculo divertido e cativante. Esse prêmio é dedicado a vocês da turma adulta do sábado de manhã do SESI, sem vocês eu não conseguiria essa conquista, muito obrigado!

PARABÉNS MAX! O CPT FICA MUITO CONTENTE EM TER UM ALUNO TÃO DEDICADO E COMPROMETIDO COMO VOCÊ, QUE ESTÁ JUNTO AO GRUPO E ENFRENTA OS DESAFIOS. CONTINUE SUA JORNADA E CONTE CONOSCO SEMPRE!

 
 

Entrevista Anna Victória Lafetá

Ganhadora na Categoria Infantil do troféu de Melhor Atuação

1- Como se sentiu ao saber que era o(a) ganhador(a) do Troféu CPT?

Assim, pra falar a verdade, achei que não iria ganhar pois havia grandes talentos ali, quando a Jordana, falou que o prêmio era para algum ator ou atriz da peça Pluft! O Fantasminha (que foi a minha peça) fiquei muito contente, pois sabia que algum colega meu iria ganhar o prêmio e talvez, bem talvez, seria eu... senti um frio na barriga e quando ela disse Anna Victoria Lafetá, eu surtei!!!!!!! Sério, sem brincadeira, deu vontade de gritar AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!  Foi top!!!!! Amei muuiiitooo!!!!!!
 

2- O que você e sua personagem têm em comum? E de oposto?

Eu simplesmente amei o Pluft e me identifiquei muito com ele, como por exemplo: amar a minha mãe que é meu porto seguro e muito mais , gostar de fazer novos amigos, ser medrosa (kkkkkkkkk) enfim, são muitas coisas . Eu acho que não temos muita coisa oposta (a única coisa é que ele é menino e eu sou menina, né? Durrrrrr)
 

3- Há quanto tempo está no CPT e o que descobriu até agora?

Estou no CPT há 3 anos (agora que tá fazendo 3 ). Nossa...  eu descobri muitas coisas que levarei para a vida ... eu nunca fui tímida, mas antes dos meus 7, 8 anos por aí, eu era um pouco mais tímida, mas o teatro me ajudou pra caramba, serei eternamente grata!!!!!
 

4- Responda em poucas palavras como se sente:

 a) Quando está ensaiando em sala

 eu me sinto em casa, pois tenho vários amigos e amigas que são maravilhosos. E naqueles dias que eu participo mais das cenas que ensaiaremos, eu saio do teatro pensando : "Nossa,  parabéns eu, você conseguiu vencer 3\4  horas de ensaio"!!!!!
 b) Quando está decorando seu texto

Decorar texto eu admito que não é uma das minhas partes preferidas, mas esse semestre eu construí uma dica super legal que é se esforçar ao máximo na primeira semana que geralmente não tem prova e não é tão tumultuada e me dedico ao máximo ao texto.
c) Quando o dia do espetáculo está chegando

Nesses dias antes do espetáculo, ainda não cai a ficha, mas fico animada.
d) No dia do espetáculo

Quando eu chego lá e vejo meus colegas se arrumando, cai a ficha e fico desesperada de esquecer as falas e desandar tudo.

e) Após o espetáculo

Me sinto totalmente realizada de ter vencido mais um semestre e ter feito uma linda apresentação ao lado dos meus amigos e ver toda a minha família reunida sorrindo e me parabenizando, essa sensação é simplesmente maravilhosa!!!!!

  

5- O que você mais admira em um grande ator (atriz)?

Uma grande inspiração que peguei p fazer essa peça foi a Claudia Abreu, que interpretou o Pluft também. Então eu via, sem exceção, todo dia a peça da Claudia Abreu. O que eu gosto muito nela, é a presença de palco, que é uma coisa muito importante.
 

6- Você indicaria fazer teatro a alguém? Por que?

É claro que eu indicaria e indico pois teatro é vida!!!!  Acho que as pessoas devem experimentar fazer teatro pois se não gostarem, saem e pelo menos experimentaram,...  o que vale é experimentar .....
 

7- O que mais gosta no CPT?

Pra falar a verdade verdadeira eu não sei, pensei, pensei, pensei e o que mais gosto no CPT é tudinho!!!!  Amo as pessoas, os professores, a equipe, o local .... TUDO!!!!!

 

8- Quer deixar um recado àqueles que mais te ajudaram este semestre?

Juuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu (prof.) você é demais!!!!!  t amu mttttttttttttttttttt !!!! Vc mora no coração e está me ajudando a crescer cada vez mais, mais e mais.... amu tu !!!!!

 

Um abraço a todos e muito obrigada pela oportunidade!!!!

 

ANNA VICTÓRIA, PARABÉNS PELO PRÊMIO! FICAMOS MUITO FELIZES EM VER SEU CRESCIMENTO NESTE TRABALHO E TEMOS CERTEZA QUE VOCÊ IRÁ CHEGAR AONDE QUISER! MUITO SUCESSO NA JORNADA E CONTE CONOSCO!

 

Entrevista Marcela Membrive

Ganhadora na Categoria Infantil do troféu de Atuação Revelação

1- Como se sentiu ao saber que era o(a) ganhador(a) do Troféu CPT?

 No primeiro momento fiquei um pouco confusa, sabia da minha capacidade, porém havia muitos alunos ali que tenho certeza que também mereciam. Um pouco depois de anunciarem caiu a ficha de que tinha ganhado, fiquei muito feliz e orgulhosa de mim mesma, percebi que meu esforço em todo semestre para entender o personagem e o que o professor dizia valeu a pena.

 

2- O que você e sua personagem têm em comum? E de oposto?

 Fiz Lúcia no espetáculo o Casamento Suspeitoso. Acho que eu e ela somos um tanto quanto debochadas e chatas um pouco admito, sempre respondendo os outros de forma que os outros ficam meio bravos ou na defensiva, sei lá. De oposto, acho ela muito convencida e interesseira, sempre tentando passar a perna nos outros por causa de dinheiro, acho isso muito ridículo, e nessa questão não somos nem um pouco parecidas.

 

3- Há quanto tempo está no CPT e o que descobriu até agora?

 Acho que há uns 3 anos, comecei no primeiro semestre de 2016 e a partir daí descobri como é boa a sensação de subir em um palco, do sentimento conjunto que todos os colegas, professores e os envolvidos naquela peça trazem consigo, além dos desafios por trás da cortina, de decorar o texto, conseguir um bom tom, uma boa dicção e viver o personagem. O palco é um lugar muito libertador e os sentimentos que toda a peça traz consigo são muito grandes e felizes, realmente aquecem meu coração. Fazer teatro para mim é muito tranquilizador. 

 

4- Responda em poucas palavras como se sente:

 a) Quando está ensaiando em sala

 É muito bom me livrar do resto do mundo e focar naquilo, ver todos meus colegas trabalhando por um mesmo porquê me traz muita felicidade e escutar o professor falando da sua performance no dia sempre dá uma ansiedade.

 b) Quando está decorando seu texto

 Me sinto confiante, pois sei que se o professor me deu aquelas falas, muitas ou poucas, é porque ele confia em mim para aquilo.

c) Quando o dia do espetáculo está chegando

 É estranho, nunca se sabe se pode tudo dar certo ou errado, se eu e os outros daremos 100% de nós, é uma mistura de ansiedade com medo.

d) No dia do espetáculo

 É um pouco nervoso e confuso, muita coisa acontece, antes da peça todos se reunem e ali é como um grande abraço, todos os sentimentos de medo e ansiedade para mim são deixados para trás, e fico totalmente feliz.

e) Após o espetáculo

 Ver a plateia aplaudir é um alívio, você fica com a sensação de dever cumprido, é uma alegria incomparável.

  

5- O que você mais admira em um grande ator (atriz)?

 Ser eclético, conseguir se encaixar em vários papeis de uma forma boa é algo realmente difícil. Acho muito bonito conseguir se transformar em vários personagens, fazer cada um de uma forma e viver cada um intensamente, independente do gênero da história.

 

6- Você indicaria fazer teatro a alguém? Por que?

 Claro. O teatro te ajuda a se libertar um pouco mais, a perder um pouco do medo e lhe ensina coisas de convívio social que não se aprende em nenhuma escola. O teatro pode lhe abrir um novo mundo de possibilidade, além de treinar fala e dicção, que atualmente contam em uma entrevista de emprego e em todo mercado de trabalho.

 

Sei que talvez isso nem chegue a quem eu quero e talvez nem coloquem na entrevista (colocamos, viu só! rs), mas tem um grande preconceito com artistas e muitos garotos principalmente deixam de experimentar fazer o teatro por acharem "coisa de gay", e para mim é algo bem estúpido de se pensar, o teatro é para todos independente de gênero, raça, religião ou essas coisas superficiais que uma parte da sociedade leva tanto em conta.

 

7- O que mais gosta no CPT?

 Gosto de como estão dando muitas oportunidades de cursos para gente de todas as idades e cursos profissionalizantes. E tudo que eles nos oferecem dentro e fora do palco, o conhecimento que recebemos pelos bons professores e todo material que nos são entregues, desde o texto ao figurino.

 

8- Quer deixar um recado àqueles que mais te ajudaram este semestre?

 Queria agradecer o Argileu, que foi meu professor durante todo o tempo que fiquei no CPT, me fez crescer como atriz e pessoa. Todos meus colegas que tive até hoje, todos estagiários e toda produção que sempre me ajudaram a ser quem sou hoje.

 

Obrigada :)

PARABÉNS MARCELA! NÓS DO CPT ADORAMOS SEU JEITO CHEIO DE PERSONALIDADE E, AO MESMO TEMPO, ALEGRE, DINÂMICO E RESPONSÁVEL. CONTINUE A JORNADA E CONTE SEMPRE CONOSCO!

_DSC5356.jpg
cpt-11.JPG

Entrevista com Davi Paim

Indicado na Categoria Infantil do troféu de Atuação Revelação

1- Como se sentiu ao saber que foi indicado(a) ao prêmio?

Com uma mistura excelente, de êxtase e emoção. Era difícil acreditar que estava ali, ao lado de alunos do CPT, extremamente competentes. Mas claro, muito feliz por ter obtido um reconhecimento extra, devido à minha atuação. É uma sensação gratificante e agradável!

2- Qual foi sua personagem e como ela te fez crescer este semestre?

Argileu, meu professor, entregou-me Manuel Gaspar como personagem, para interpretar durante o espetáculo "O Casamento Suspeitoso". Acredito que a minha capacidade de desenvolvimento de sotaques e trejeitos, foram muito aprimoradas durante esse semestre. O manejo vocal, a dicção e o tom de voz, também foram bastante trabalhados conosco, alunos. Mas com certeza, o trabalho em grupo, a responsabilidade e o comprometimento, se destacaram entre as minhas melhoras!

 

3- Responda em poucas palavras como se sente:

a) Quando está ensaiando em sala

Sinto alegria, pelo texto decorado, por momentos de conquistas em cena, por estar cercado de pessoas que admiro e ótimas companhias. Sinto alegria, por poder fazer aulas de teatro, minha maior paixão!

b) Quanto está decorando seu texto

Percebo que a dedicação pode mudar o Mundo, ou pelo menos uma peça de teatro! Tenho certeza, que é uma das partes mais importantes do semestre!

c) Quando o dia do espetáculo está chegando

Um misto de ansiedade e alegria! Ansiedade, porque estou aflito, querendo saber afinal, se farei tudo da maneira correta. Alegria, por ter certeza de que será um grande dia, de conquistas e alegrias.

d) No dia do espetáculo

Alegria, devido ao fato de ser um sonho que será realizado! Medo, de me atrapalhar em cena e estragar o espetáculo (ou parte dele)! Tristeza, porque tudo que é bom acaba!

e) Após o espetáculo

Uma alegria imensa, por tudo ter corrido bem, eu e meus colegas termos brilhado no palco, eu ter sido indicado, etc... 

 4- O que você mais admira em um grande ator (atriz)?

A capacidade de viver um personagem por inteiro, esquecendo de todo o mundo exterior! Também, de alegrar, encantar, comover, inspirar e instigar o espectador.

5- Você acha que o teatro modifica as pessoas? Como?

A capacidade de transformação do teatro, ocorre em diversas camadas: social, humana, cultural... O teatro, pode fazer o ser humano se informar e refletir sobre assuntos variados. O teatro, pode fazer de nós pessoas melhores, mais conscientes, comprometidas e socializáveis. O teatro, pode fazer um trabalho de regeneração e aprofundamento social, inigualável. 

6- O que mais gosta no CPT?

A organização do CPT, é simplesmente imbatível. Tudo funciona bem, não existem problemas técnicos ou de qualquer outra esfera! Os professores são qualificados, transmitem responsabilidade, empolgação e principalmente, conhecimentos profundos sobre o teatro e suas vertentes. 

7- Quer deixar um recado àqueles que mais te ajudaram este semestre?

Gostaria de agradecer ao Argileu Rodrigues, por ter me proporcionado a certeza de que quero continuar no CPT, por longos anos! Também ao Guilherme Orzil, assistente de direção, sempre solícito e competente! E claro, aos meus colegas, à minha família e às figurinistas, maquiadoras, cenógrafas, artistas gráficos, técnicos de palco, etc...

PARABÉNS DAVI! SEU EMPENHO E ESFORÇO VALERAM A PENA! 

 

Entrevista com Duda Mesquita

Indicada na Categoria Infantil do troféu de Melhor Atuação

1- Como se sentiu ao saber que foi indicado(a) ao prêmio?

Eu senti muita, mas muita felicidade. É uma conquista ser indicada ao prêmio de melhor atuação, eu não ganhei mas o meu coração diz que eu sou uma ótima atriz eu me sinto muito orgulhosa, só de subir ao palco como indicada me senti orgulhosa e ganhadora.

2- Qual foi sua personagem e como ela te fez crescer este semestre?

Eu tive dois personagens na peça As Cartas não Mentem Jamais. A Antonieta eu gostei muito porque desde o começo do ano. Ela é fofoqueira, engraçada e eu gostava muito dela. Ela me fez crescer e desenvolver a articulação do corpo pois tinha que ter muitas coisas para ser uma fofoqueira, além do uso de materiais em cena. A Micaela que era uma cigana e foi uma oportunidade que o CPT me proporcionou faltando 1 mês para a peça de decorar novas falas,  e  foi muito legal este desafio, ela me fez crescer e desenvolver diferentes timbres de voz. Como eu tinha dois personagens eu tinha que mudar a voz de um para o outro.

3- Responda em poucas palavras como se sente:

a) Quando está ensaiando em sala: 

eu me sinto uma atriz, fazendo uma peça para apresentar na TV e uma novela.

b) Quanto está decorando seu texto: 

eu fico ansiosa porque eu quero ver o espetáculo inteiro e fazer minha personagem lá no palco.

c) Quando o dia do espetáculo está chegando:  

aí eu fico pensando: será que vai ser boa a peça? Será que vai dar tudo certo?

d) No dia do espetáculo: 

me sinto orgulhosa de estar com todos os amigos minha família me vendo e com frio na barriga com medo de dar alguma coisa errado.

e) Após o espetáculo: 

sinto que o teatro foi maravilhoso, que eu não precisava ficar com frio na barriga, que tinha dado tudo certo e meu papel foi executado de forma maravilhosa.

 4- O que você mais admira em um grande ator (atriz)?

Eu admiro a articulação, a emoção que eles têm ao contracenar

5- Você acha que o teatro modifica as pessoas? Como? 

Sim, modifica e transforma. Ajuda a perder o medo, a aprender falar na frente das pessoas, a desenvolver a leitura, memória e interação com o outro.

6- O que mais gosta no CPT? 

Eu gosto que você CPT faz com que nós alunos nos sentamos como se estivéssemos indo para a TV sendo uma atriz muito famosa que é privilegiada por todos.

7- Quer deixar um recado àqueles que mais te ajudaram este semestre? 

Um recado para especial para Cris que é uma professora maravilhosa, ajuda em tudo e ela me ajudou muito a desenvolver ao longo do semestre me ensinando que precisamos nos comprometer para o sucesso da peça. Queria agradecer também a todas as pessoas que foram me prestigiar no teatro e acompanham o meu desenvolvimento, a minha mãe por me ajudar com tudo e a decorar texto, ajudando e dando dicas para melhorar o personagem, dizendo que está errado... Minha família, meus amigos, avós, tios, tias e professores da escola, todos que me acompanham e torcem pelo meu sucesso mesmo estando longe e não podendo me assistir. Não posso deixar de agradecer ao CPT pelo figurino e por tudo que deu certo na nossa peça graças à equipe do CPT.

DUDA, FICAMOS MUITO CONTENTES EM VER SEU EMPENHO E ESFORÇO! PARABÉNS!

Sem título.png
 

Entrevista com Ana Maria Ferreira

Indicada na Categoria Infantil do troféu de Melhor Atuação

1- Como se sentiu ao saber que foi indicado(a) ao prêmio?
Feliz por saber que eu me esforcei consegui fazer a peça bem. Feliz também porque de alguma forma, nas aulas, meu jeito de ser contribuiu.

2- Qual foi sua personagem e como ela te fez crescer este semestre?
O meu personagem foi Pedro da peça, " A Colcha do Gigante", um personagem muito desafiador. Com ele aprendi que posso sempre melhorar mais e mais.

3- Responda em poucas palavras como se sente:
a) Quando está ensaiando em sala

Muito alegre 
b) Quanto está decorando seu texto
Focada
c) Quando o dia do espetáculo está chegando
Ansiosa 
d) No dia do espetáculo
Feliz da vida
e) Após o espetáculo
Alegre 

 4- O que você mais admira em um grande ator (atriz)?
Sua humildade e esforço para sempre fazer o melhor que consegue.

5- Você acha que o teatro modifica as pessoas? Como?
SIM e como! O Teatro faz a pessoa se sentir alegre, disposta e mais atenta pois se errar tem que improvisar rápido.

6- O que mais gosta no CPT?

Do modo de ensino e de como os professores se preocupam, ajudam e participam com os alunos.

7- Quer deixar um recado àqueles que mais te ajudaram este semestre?
Primeiro às minhas professoras de teatro que confiaram em mim para fazer o personagem e em segundo e terceiro minha mãe e minha Vó Mariana que me motiva a tudo e que sempre estão comigo pro que der e vier. Em quarto meu diretor de filmes que também me ajudou e me ajuda até hoje.
*AMO MUITO VOCÊS 5*.

PARABÉNS PELA INDICAÇÃO ANA! NOS ALEGRAMOS MUITO POR TERMOS VOCÊ POR PERTO!

amandadutra-90.JPG
 

Entrevista com Rafaela Bernardi

Indicada na Categoria Infantil do troféu de Melhor Atuação

1- Como se sentiu ao saber que foi indicado(a) ao prêmio?

Fiquei muito feliz e honrada, pois não estava esperando.

 

2- Qual foi sua personagem e como ela te fez crescer este semestre?

Eu fiz quatro personagens (Vera, Miriam, Assaltante e Orfelete), mas acho que o papel de Orfelete me fez crescer muito, pois em cena ela não possui quase nenhuma fala, mas mesmo assim se destaca, então eu pude trabalhar mais posicionamento de palco.

 

3- Responda em poucas palavras como se sente:

 a) Quando está ensaiando em sala 

Feliz

b) Quanto está decorando seu texto

Concentrada 

c) Quando o dia do espetáculo está chegando

Ansiosa, mas de um jeito bom.

d) No dia do espetáculo

Muuuito nervosa 

e) Após o espetáculo

Feliz e realizada.

 4- O que você mais admira em um grande ator (atriz)?

A dedicação.

5- Você acha que o teatro modifica as pessoas? Como?

Modifica. Tem vários jeitos de "mudar" as pessoas, mas no meu caso, por exemplo, me ajudou com a timidez, com a dicção, e também me fez descobrir minha paixão, atuar!

6- O que mais gosta no CPT?

O companheirismo da equipe com os alunos

 

7- Quer deixar um recado àqueles que mais te ajudaram este semestre?

Muito obrigada a todos, foi um dos melhores semestres e tudo graça a vocês, nós nos divertimos atuando, e isso não tem preço!

RAFA, NOSSA EQUIPE ADORA ACOMPANHAR SEU CRESCIMENTO A CADA NOVO TRABALHO. PARABÉNS PELA INDICAÇÃO!

amandadutra-70.JPG
 

Entrevista com Lucíola Fernandes

Indicada na Categoria Adulta do troféu de Melhor Atuação

1- Como se sentiu ao saber que foi indicado(a) ao prêmio?

Muito Feliz e Satisfeita.

2- Qual foi sua personagem este semestre?

Foram duas: O Malaquias ; O Velho

3- Responda em poucas palavras como se sente:

a) Quando está ensaiando em sala

Interagida, completa, focada com todos os outros alunos.  

b) Quanto está decorando seu texto

Disciplinada e com determinação. Procuro imaginar como seria o personagem.

c) No dia do espetáculo

Ansiosa mais Feliz por ter chegado até o final

d) Após o espetáculo

Missão cumprida. E mais forte por saber que tenho potencial e capacidade.

 4- O que você mais admira em um grande ator (atriz)?

Viver intensamente o personagem

 

5- Você acha que o teatro modifica as pessoas? Como?

Com certeza. 

 

6- O que mais gosta no CPT?

Estar perto das pessoas, que a princípio estão buscando superar desafios, quando desejam fazer Teatro

7- Quer deixar um recado àqueles que mais te ajudaram este semestre?

Que Deus abençoe a vida de todos os professores, pois eles serão sempre uma referência para os alunos. 

LUCÍOLA, O CPT TEM ACOMPANHADO SEU EMPENHO E RESPONSABILIDADE. CONTINUE BUSCANDO E SUPERANDO DESAFIOS! PARABÉNS!

amandadutra-68.JPG
 

Entrevista com Roberta Araújo

Indicada na Categoria Adulta do troféu de Atuação Revelação

1- Como se sentiu ao saber que foi indicado(a) ao prêmio?

Foi uma surpresa muito boa ver meu nome indicado, não estava esperando. A sensação é de ter o esforço reconhecido. 

 

2- Qual foi sua personagem e como ela te fez crescer este semestre?

Este semestre fui uma travesti prostituta na peça "A Loura do Bonfim", pertencente ao bordel mais pobre da cidade. Muito escrachada, barulhenta, e sensual de um jeito engraçado. Um contraste muito interessante em relação à minha última personagem: uma ama contida e subserviente em "Medeia". Ambos os papeis enriqueceram minha experiência, de maneiras opostas: enquanto com a ama o desafio era me conter sem apagar a atuação, com a prostituta da boate Bibelô a liberdade de falas e movimentos era grande, e por isso tive que fazer várias escolhas de que tom usar e o que fazer com meu corpo em cena. 

 

3- Responda em poucas palavras como se sente:

a) Quando está ensaiando em sala

Em sala há liberdade para errar e para ser leve e alegre, e daí as ideias fluem. Você aprende a conviver e gostar de quem você é, naturalmente.

 b) Quanto está decorando seu texto

Desde criança tive facilidade em decorar textos, e é agradável a sensação de cada palavra encontrando seu lugar na memória.

c) Quando o dia do espetáculo está chegando

Perto da data da apresentação, os ensaios vão ficando mais sérios e a realização de que é pra valer bate forte. Eu adoro esse nervosismo pré-palco!

 d) No dia do espetáculo

É lindo ver as engrenagens de uma peça funcionando. Cada ator e cada técnico concentrados no seu papel, entrando na hora certa, ajudando um colega que erra uma marcação... Na peça somos um time só, todo mundo ganha se todo mundo se ajudar. E aquelas borboletas no estômago já são velhas amigas, aprendi a lidar.

 e) Após o espetáculo

O único momento ruim de todo o curso: quando termina a peça. Dá vontade de fazer de novo, de não precisar despedir do personagem que a gente desvendou... Chega logo, semestre que vem!

 

 4- O que você mais admira em um grande ator (atriz)?

Trabalho com filmagens, nos bastidores (produção e assistência de direção), e estou sempre envolvida com atores de cinema e vídeo. Sou adepta da atuação realista e sempre admirei atores que encenam com tal naturalidade que você acredita que aquele personagem existe e está ali na sua frente. No passado, havia em mim um preconceito com a atuação do teatro - achava exagerado, falso. Mas os últimos anos, e as aulas no CPT, têm me mostrado que há riqueza nos diferentes tons de atuação, que é possível atuação realista no teatro e mesmo a exagerada tem seus porquês. Cada vez mais me apaixono pela atuação, em suas várias formas.

 

5- Você acha que o teatro modifica as pessoas? Como?

O teatro dá oportunidade de vencer a vergonha, de aprender a falar melhor e ser ouvido, de entrar na vida de outras pessoas e, no processo, entender melhor quem a gente é.

 

6- O que mais gosta no CPT?

A apresentação final é levada a sério, com figurino, sonoplastia, marcações de luz, vários profissionais envolvidos pra ficar show.

 

7- Quer deixar um recado àqueles que mais te ajudaram este semestre?

Agradeço ao professor Argileu pelo papel divertido que recebi este semestre, com o qual pude me soltar e brincar bastante, e pela indicação ao prêmio.

ROBERTA, MUITO LEGA VERMOS VOCÊ SE REDESCOBRINDO A CADA TRABALHO. CONTINUAREMOS TE ACOMPANHANDO NOS NOVOS DESAFIOS. PARABÉNS!

 

Entrevista com Mariana Dias

Indicada na Categoria Infantil do troféu de Melhor Atuação

1- Como se sentiu ao saber que foi indicado(a) ao prêmio?

Ao saber que fui indicada a esse prêmio, eu fiquei muito feliz, pois essa indicação mostra que todo o meu empenho e dedicação com a minha personagem para essa peça foi bom e valeu a pena...

 

2- Qual foi sua personagem e como ela te fez crescer este semestre?

Minha personagem foi a "Chiquinha" uma senhora fofoqueira, e como ela tinha um sotaque diferente do meu, foi um pouco difícil me acostumar. Tive que pesquisar muito.....

 

3- Responda em poucas palavras como se sente:

a) Quando está ensaiando em sala

Fico muito atenta às explicações da professora Cris, para quando eu for ensaiar o texto em casa não fazer nada de errado e chegar no próximo ensaio com novidades para o meu personagem.

b) Quanto está decorando seu texto

Fico feliz, pois esse momento o ator pode modificar seu personagem, colocar um sotaque, um jeito de andar, ou algo que ele ache que irá ficar legal para o personagem. Nessa hora podemos usar toda nossa criatividade.

c) Quando o dia do espetáculo está chegando

Eu fico ansiosa, para apresentar a peça e saber se público vai gostar.

d) No dia do espetáculo

No dia do espetáculo eu fico alegre e mais ansiosa ainda, pois já está chegando a hora de apresentar. Confesso que fico com um pouco de medo de esquecer alguma fala ou esquecer de alguma ação que eu tinha que fazer..

e) Após o espetáculo

Após o espetáculo fico um pouco triste e alegre, fico triste pois a peça acabou e alegre por ter conseguido apresentar.

 

 4- O que você mais admira em um grande ator (atriz)?

 Sua humildade, dedicação, caráter  e orgulho pelo trabalho que ele está fazendo.

 

5- Você acha que o teatro modifica as pessoas? Como?

Com certeza, o teatro nos faz ser mais responsáveis, dedicados, além de ser ótimo para nos ajudar a ser mais confiante com nós mesmos.

 

6- O que mais gosta no CPT?

Da dedicação que os professores têm com seus alunos. Agradeço muito à Cris por ser essa professora maravilhosa e dedicada com seus alunos.

 

7- Quer deixar um recado àqueles que mais te ajudaram este semestre?

 Queria agradeçer meu pai e minha mãe por me deixarem fazer o curso de teatro com o CPT e também à professora Cris, que durante todo o ensaio se dedicou muito para ter um bom resultado no espetáculo. Também agradecer ao pessoal da filmagem, pois é muito importante para um ator ver como foi o seu trabalho e saber o que ele tem que melhorar e ao pessoal dos figurinos também.

PARABÉNS PELA INDICAÇÃO MARIANA! SEU EMPENHO E DEDICAÇÃO SÃO REALMENTE ADMIRÁVEIS! CONTINUE CRESCENDO SEMPRE!

 

Entrevista com Isabelle Faria

Indicada na Categoria Infantil do troféu de Atuação Revelação

1- Como se sentiu ao saber que foi indicado(a) ao prêmio?

Fiquei muito feliz e emocionada, a indicação ao prêmio mostra como meu aprendizado, desenvolvimento e dedicação foram importantes no decorrer dos ensaios.

2- Qual foi sua personagem e como ela te fez crescer este semestre?

A Bela, personagem do espetáculo As Cartas Não Mentem Jamais, é uma filha de uma cigana muito trapaceira, sapeca e esperta. Com ela consegui colocar no palco as travessuras que as crianças adoram fazer, desenvolvendo assim os movimentos do corpo e da face demonstrando os trejeitos de uma ciganinha.

 

3- Responda em poucas palavras como se sente:

a) Quando está ensaiando em sala

Adoro o teatro, cada dia que entro em sala sinto uma nova emoção. Ensaiar, treinar e improvisar são atividades que me incentivam a fazer mais e mais teatro.

b) Quanto está decorando seu texto

Gosto de treinar escutando minha própria voz ou de passar o texto com minha mãe. Cada palavra, cada frase eu memorizo e imagino a cena. Sinto o momento como se fosse o dia do espetáculo.

c) Quando o dia do espetáculo está chegando

Fico muito ansiosa para mostrar todo o meu trabalho e dedicação que preparei durante os ensaios.

d) No dia do espetáculo

Sinto um misto de emoções. Fico alegre pois enfim tudo que dediquei será colocado em prática, tensa com o início do espetáculo que até perco o apetite e emocionada quando tudo termina e vejo o sucesso do personagem e de toda a peça.

e) Após o espetáculo

A felicidade toma conta do momento, sabendo que aquele é um fim de um espetáculo e o início de um novo momento da minha vida. Parte de um sonho sendo realizado.

 

 4- O que você mais admira em um grande ator (atriz)?

Admiro a capacidade de transformação, a persistência, a dedicação, o ato de emocionar e fazer rir toda uma plateia.

 

5- Você acha que o teatro modifica as pessoas? Como?

O teatro é uma vida nova a cada personagem, um momento de descontração, crescimento pessoal e desenvolvimento cultural.

 

6- O que mais gosta no CPT?

O CPT é um grupo de teatro com muito amor pelo que dedica. Admiro todos os participantes porque transmitem aos alunos um conhecimento amplo e especial que foi trabalhado e desenvolvido durante anos.

 

7- Quer deixar um recado àqueles que mais te ajudaram este semestre?

Gostaria de agradecer a minha linda professora Cris Oliver que me acolheu em todos os momentos, que me ensinou a amar ainda mais o teatro. Meus parabéns à turma pelo empenho e dedicação e ao Argileu e Jordana pela grande administração do espetáculo. Agradeço a minha mãe, meu pai e minha irmãzinha Sarah por me acompanhar e fazer parte do meu sonho. Aos meus familiares e amigos por torcerem e apoiarem as minhas aventuras pelo teatro. Enfim, obrigada Deus por tantas felicidades e conquistas em minha vida. 

ISABELLE, PARABÉNS PELA INDICAÇÃO E DEDICAÇÃO! O CPT SE ALEGRA EM TER UMA ALUNA QUE SE PREOCUPA TANTO CONSIGO QUANTO COM O GRUPO. CONTINUE CRESCENDO!

 

Entrevista com Ana Clara Simões

Indicada na Categoria Infantil do troféu de Melhor Atuação

1- Como se sentiu ao saber que foi indicado(a) ao prêmio?

Muito feliz, pois fiz o meu melhor. E como foi apenas o meu segundo semestre, fiquei muito emocionada por ser indicada.

2- Qual foi sua personagem e como ela te fez crescer este semestre?

Interpretei duas personagens, na peça As Cartas não Mentem Jamais, a Dona Zefa mãe do Zeca, ela é brava e escandalosa, e um sotaque caipira, ela é muito engraçada. Essa personagem me fez crescer, pois tive que me dedicar muito, Minha professora Cris, gostou da minha interpretação, e aumentou as falas da Zefa, fiquei muito feliz, pois ela viu a minha capacidade de fazer o melhor. A minha outra personagem foi a Juju vó da Lara, Uma senhora de idade, que é surda e esquecida, foi um grande desafio, duas personagens diferentes. Mas amei fazer as duas, e descobrir que é esse caminho que eu quero seguir .

 

3- Responda em poucas palavras como se sente:

a) Quando está ensaiando em sala

Sinto alegria de estar lá fazendo o que eu mais amo.

b) Quanto está decorando seu texto

Sinto que eu sou capaz de decorar e dar o meu melhor 

c) Quando o dia do espetáculo está chegando

Fico muito ansiosa, nervosa , e ao mesmo tempo emocionada, pois cada espetáculo é um grande desafio pra mim.

d) No dia do espetáculo

Chegou a hora! Sinto um friozinho na barriga, meu coração dispara, fico muito feliz, pois sei que todos que eu amo vão estar lá me prestigiando, e torcendo por mim.

e) Após o espetáculo

Missão cumprida, mais uma conquista, me sinto orgulhosa por ter me dedicado o semestre inteiro, e porque o resultado dessa dedicação foi surpreendente.

 4- O que você mais admira em um grande ator (atriz)?

A capacidade de interpretar vários personagens, com personalidades diferentes, e que nos passam uma mistura de emoções. 

 

5- Você acha que o teatro modifica as pessoas? Como?

Sim. Ajuda o modo de nos expressar, de falar, a interpretação de texto, o desenvolvimento corporal.

6- O que mais gosta no CPT?

A organização, os espetáculos são lindos, os professores são qualificados.

7- Quer deixar um recado àqueles que mais te ajudaram este semestre?

Quero agradecer primeiramente a Deus por colocar pessoas tão especiais na minha vida. Minha professora Cris, ela é maravilhosa, exigente, divertida, uma excelente professora. Minha família que esteve do meu lado, me apoiando e me ajudando a decorar o texto, me levando nas aulas, e aos meus amigos.

PARABÉNS ANNA CLARA! EM TÃO POUCO TEMPO VOCÊ JÁ SE DESTACOU POR SEU COMPROMETIMENTO E RESPONSABILIDADE. O CPT FICA FELIZ POR FAZER PARTE DA SUA HISTÓRIA!

 

Entrevista com Olívia Flor

Indicada na Categoria Infantil do troféu de Atuação Revelação

1- Como se sentiu ao saber que foi indicado(a) ao prêmio? 

Feliz por entrar no teatro e ter recebido esse prêmio.    

2- Qual foi sua personagem e como ela te fez crescer este semestre?

Foram duas; Jacaré e Coruja. Gostei de representa-las porque os animais são legais.

 

3- Responda em poucas palavras como se sente:

a) Quando está ensaiando em sala 

Muito feliz.

b) Quanto está decorando seu texto

Confiante

c) Quando o dia do espetáculo está chegando

Ansiosa

d) No dia do espetáculo

Emocionada e muito, muito, muito confiante

e) Após o espetáculo

Feliz por ter dado tudo certo

 

4- O que você mais admira em um grande ator (atriz)? 

Eu admiro que ela consiga fazer várias peças diferentes

 

5- Você acha que o teatro modifica as pessoas? Como?

Sim. Mostrando a magia de histórias inventadas.

 

6- O que mais gosta no CPT?

O jeito que eles fazem a gente acreditar na magia do teatro.

7- Quer deixar um recado àqueles que mais te ajudaram este semestre?

Quero agradecer a Dani por ter me ajudado a escolher um bom personagem. Agradeço a minha segunda professora, Jordana, por ter ajudado a gente a ter acabado essa peça porque sem ela a gente não teria conseguido.

 

PARABÉNS PELA INDICAÇÃO OLÍVIA! FICAMOS FELIZES EM SABER QUE O TEATRO TE FAZ ADENTRAR EM UM NOVO MUNDO REPLETO DE IMAGINAÇÃO!
 

 

Entrevista com Miguel Rocha

Indicado na Categoria Infantil do troféu de Atuação Revelação

1- Como se sentiu ao saber que foi indicado(a) ao prêmio? 

Eu me senti muito feliz, e senti que todo o meu esforço foi reconhecido.  

2- Qual foi sua personagem e como ela te fez crescer este semestre?

O meu personagem foi o Fabião, que fazia parte de um grupo formado por outros três marinheiros, que tinham como objetivo salvar Maribel. Ele me fez perder muito a timidez, pelo fato dele ser um personagem completamente atrapalhado e bobo, fazendo com que eu não pudesse ter vergonha para fazer as coisas que o personagem fazia.

E também fui o Xisto, que é o primo aviador do Pluft, que foi um personagem pequeno, mas ainda assim foi legal poder interpretar dois personagens.

3- Responda em poucas palavras como se sente:

a) Quando está ensaiando em sala 

Eu fico pensando no que eu posso trazer de diferente para o personagem, alguma característica peculiar.

b) Quanto está decorando seu texto

Eu penso em maneiras diferentes de falar o texto, e como encaixá-lo no contexto em que o personagem se encontra.

c) Quando o dia do espetáculo está chegando

Eu fico calmo, e fico pensando o que eu posso melhorar no personagem, até o dia do espetáculo.

d) No dia do espetáculo

Antes de entrar no palco, eu fico muito nervoso, com medo de que algo dê errado, mas logo que entro no palco, todo o nervosismo some, e eu me sinto muito mais tranquilo.

e) Após o espetáculo

Eu fico tranquilo, e me sinto realizado por ter conseguido terminar o espetáculo.

 

4- O que você mais admira em um grande ator (atriz)? 

A naturalidade na atuação.

 

5- Você acha que o teatro modifica as pessoas? Como?

Sim. O teatro consegue desinibir pessoas, e consegue fazer com que elas não tenham medo de se socializar, aumenta a autoestima e faz com a pessoa aumente seu senso de responsabilidade. 

 

6- O que mais gosta no CPT?

A equipe, que é maravilhosa, carinhosa, e te ajuda em qualquer problema, ou dúvida que você tiver.

7- Quer deixar um recado àqueles que mais te ajudaram este semestre?

Sim. Eu gostaria de agradecer a minha professora, Juliana Almeida, que é uma pessoa sensacional. A toda a equipe do CPT, que é super atenciosa. E também a toda a minha turma, porque teatro é um trabalho em conjunto, e sem eles, não existiria espetáculo.

 

MIGUEL, ESTAMOS FELIZES EM ACOMPANHAR SEU CRESCIMENTO! ESPERAMOS QUE SE DESCUBRA CADA VEZ MAIS! CONTE CONOSCO!
 

 

Entrevista com Juju Lansdowne

Indicada na Categoria Infantil do troféu de Melhor Atuação

1- Como se sentiu ao saber que foi indicado(a) ao prêmio?

Eu me senti muito feliz e emocionada.

2- Qual foi sua personagem e como ela te fez crescer este semestre?

Minha Personagem foi a Maribel e aprendi muito com o medo e a coragem dela.

3- Responda em poucas palavras como se sente:

a) Quando está ensaiando em sala

Eu fico preocupada se eu e minhas amigas conseguiremos decorar o texto e tudo mais. 

b) Quanto está decorando seu texto

Fico um pouco nervosa, tanto com o texto quanto com a postura da personagem. Procuro sempre fazer o melhor.

c) Quando o dia do espetáculo está chegando

Fico muito ansiosa e torcendo para que chegue logo. Estudo muito o texto.

d) No dia do espetáculo

Fico com muito frio na barriga e ensaio até no camarim.

e) Após o espetáculo

Fico sempre muito feliz e penso como foi a peça e minha atuação.

 4- O que você mais admira em um grande ator (atriz)?

A capacidade de fazer bem seu personagem.

5- Você acha que o teatro modifica as pessoas? Como?

Sim. deixa as pessoas mais extrovertidas e com mais autoconfiança.

6- O que mais gosta no CPT?

Eu gosto das brincadeiras e das pessoas.

7- Quer deixar um recado àqueles que mais te ajudaram este semestre?

Agradeço a Juliana que me ajudou a fazer o meu corpo nos ensaios, ao Argileu que fez minha maquilagem e a Jordana que fez os preparativos.

PARABÉNS PELA INDICAÇÃO JUJU! ESTAMOS ACOMPANHANDO SUA CAMINHADA NO TEATRO!

 

Entrevista com Luísa de Moro

Indicada na Categoria Infantil do troféu de Atuação Revelação

1- Como se sentiu ao saber que foi indicado(a) ao prêmio?

Muito feliz!!!!

2- Qual foi sua personagem e como ela te fez crescer este semestre?

Minha personagem foi a Mãe Galáxia, foi uma experiência muito legal e diferente dos outros personagens que fiz.

3- Responda em poucas palavras como se sente:

a) Quando está ensaiando em sala

Feliz 

b) Quanto está decorando seu texto

Tenho que ter muita atenção

c) Quando o dia do espetáculo está chegando

Ansiosa

d) No dia do espetáculo

Nervosa kkkk

e) Após o espetáculo

Aliviada e mto feliz 

 4- O que você mais admira em um grande ator (atriz)?

A segurança que eles transmitem

5- Você acha que o teatro modifica as pessoas? Como?

Com certeza, o teatro abre nossa cabeça para a cultura, para um mundo diferente. 

6- O que mais gosta no CPT?

A atenção e o empenho dos professores.

7- Quer deixar um recado àqueles que mais te ajudaram este semestre?

Quero deixar todo meu agradecimento pela dedicação e o carinho. Meu muito obrigada!!!!

LUÍSA, PARABÉNS PELA INDICAÇÃO! SINAL DE QUE VOCÊ SE EMPENHOU E CRESCEU NESTE TRABALHO. CONTINUE! ESTAREMOS POR PERTO!

 

Entrevista com Marina Buratto

Indicada na Categoria Infantil do troféu de Melhor Atuação

1- Como se sentiu ao saber que foi indicado(a) ao prêmio?

Eu me senti muito feliz, afinal era meu primeiro ano no teatro.​

 

2- Qual foi sua personagem e como ela te fez crescer este semestre?

Eu fiz algumas personagens, mas a que mais me fez crescer foi a bruxa, porque tive que perder a timidez e treinar muito para conseguir fazer a risada.

 

3- Responda em poucas palavras como se sente:

a) Quando está ensaiando em sala

Muito feliz e animada. Nem vejo o tempo passar.

b) Quanto está decorando seu texto

Concentrada.

c) Quando o dia do espetáculo está chegando

Nervosa.

d) No dia do espetáculo

Mais nervosa ainda.

e) Após o espetáculo

Realizada.

4- O que você mais admira em um grande ator (atriz)?

O jeito convincente de atuar.

5- Você acha que o teatro modifica as pessoas? Como?

Sim, pois aprendemos a trabalhar em grupo e temos que perder a timidez para incorporar a personagem. O teatro ensina também muitas outras coisas como responsabilidade, concentração e a enfrentar desafios. E isso é para a vida.

6- O que mais gosta no CPT? 

O jeito divertido de ensinar e a professora Camila.

7- Quer deixar um recado àqueles que mais te ajudaram este semestre?

Quero agradecer à toda equipe do CPT, especialmente à professora Camila, e também à minha família, aos colegas e a todos que foram me assistir. Como falamos sempre no teatro: ´Eu seguro a minha mão na sua, para fazer as coisas que eu não quero, que eu não posso, que eu não consigo fazer sozinha: teatro!’ Obrigada a todos que me ajudaram!

PARABÉNS MARINA! SEU EMPENHO E DEDICAÇÃO TÊM TRANSPARECIDO EM SUA ATUAÇÃO E RESPONSABILIDADE. CONTINUE CRESCENDO E CONTE COM O CPT!

 

Entrevista com Gustavo Carvalho

Indicado na Categoria Infantil do troféu de Melhor Atuação

1- Como se sentiu ao saber que foi indicado(a) ao prêmio?

Senti uma felicidade muito grande.

 

2- Qual foi sua personagem e como ela te fez crescer este semestre?

Meu personagem foi o Geraldo. Esse personagem me fez crescer porque aprendi a interpretar um homem ingênuo.

 

3- Responda em poucas palavras como se sente:

a) Quando está ensaiando em sala

Me sinto realizado, feliz.

b) Quanto está decorando seu texto

Empolgado

c) Quando o dia do espetáculo está chegando

Animado

d) No dia do espetáculo

Confiante

e) Após o espetáculo

Um sentimento de missão cumprida e alegria.

 

 4- O que você mais admira em um grande ator (atriz)?

A atuação.

 

5- Você acha que o teatro modifica as pessoas? Como?

Sim. Dando autoconfiança.

 

6- O que mais gosta no CPT?

A equipe e os colegas

 

7- Quer deixar um recado àqueles que mais te ajudaram este semestre?

Obrigado Argileu e colegas por terem me ajudado a decorar meu texto e fazer um ótimo espetáculo.

MUITO BEM GUSTAVO! VOCÊ ESTÁ CRESCENDO MAIS A CADA TRABALHO. FICAMOS MUITO CONTENTES EM TERMOS VOCÊ POR PERTO!

 

Entrevista com Thaylla Abisague

Indicada na Categoria Infantil do troféu de Atuação Revelação

1- Como se sentiu ao saber que foi indicado(a) ao prêmio?

Ao saber da indicação, me senti empolgada e feliz.

 

2- Qual foi sua personagem e como ela te fez crescer este semestre?

Na peça “As Cartas não Mentem Jamais” atuei como "NINO". Cresci muito com esse personagem, aprendi um sotaque nordestino.

 

3- Responda em poucas palavras como se sente:

a) Quando está ensaiando em sala

Nos momentos de ensaio em sala, presto atenção nas explicações da professora Cris para que o personagem cresça cada vez mais e sinto-me segura.

b) Quanto está decorando seu texto

Ansiosa e curiosa para saber como ficará meu texto depois de decorado.

c) Quando o dia do espetáculo está chegando

Nervosa e com medo de esquecer minha fala.

d) No dia do espetáculo

Com frio na barriga.

e) Após o espetáculo

Com a sensação de alívio e dever cumprido

 

 4- O que você mais admira em um grande ator (atriz)?

A forma de interpretação do ator (atriz) e expressão corporal.

 

5- Você acha que o teatro modifica as pessoas? Como?

Sim, modifica em diversas áreas: trabalha a timidez, articulação da fala, expressão corporal, comunicação entre outros.

 

6- O que mais gosta no CPT?

O comprometimento  do CPT, a amizade construída e o carinho da professora Cris.

 

7- Quer deixar um recado àqueles que mais te ajudaram este semestre?

À querida professora Cris, agradeço pelo carinho, dedicação, paciência e seriedade com o que se propõe a fazer.

Agradeço também à Fátima da recepção, pela forma educada como sou recebida todos os sábados, sempre sorridente e simpática.

Aos colegas pelos inesquecíveis momentos de angústia, ansiedade, alegria, felicidade e companheirismo vivenciados em cada semestre.

Ao CPT por abrir esse espaço de conhecimento e aprendizado no universo das Artes cênicas.

PARABÉNS THAYLLA! NOTA-SE QUE VOCÊ JÁ POSSUI IMPORTANTES VALORES PARA UMA ATRIZ! CONTINUE E CONTE CONOSCO!

 

Entrevista com Ana Carolina Sayão

Indicada na Categoria Infantil do troféu de Atuação Revelação

1- Como se sentiu ao saber que foi indicado(a) ao prêmio?

Quando fui indicada ao prêmio, primeiro fiquei surpresa, mas depois tive uma sensação incrível porque só ser indicada já era grande coisa para mim, uma vitória. Eu fiquei muito feliz por ter conseguido e me senti muito bem.

 

2- Qual foi sua personagem e como ela te fez crescer este semestre?

Eu fiz mais de uma personagem e eu acho que isso também ensina um ator. Com elas eu aprendi a interpretar pessoas completamente diferentes e percebi que nem sempre precisamos ser os principais em uma história para termos bom personagens

 

3- Responda em poucas palavras como se sente:

a) Quando está ensaiando em sala

Me sinto feliz e animada

b) Quanto está decorando seu texto

Responsável

c) Quando o dia do espetáculo está chegando

Eu fico ansiosa e ao mesmo tempo muito alegre

d) No dia do espetáculo

Sinto que meu coração vai saltar pela minha boca

e) Após o espetáculo

Realizada e com saudade do dia do espetáculo

 

 4- O que você mais admira em um grande ator (atriz)?

O que eu mais admiro em um grande ator e atriz não é apenas a boa atuação, apesar de ser algo muito importante. Admiro também o comprometimento, a responsabilidade, como ele trabalha com as outras pessoas e o amor por aquilo que faz.

 

5- Você acha que o teatro modifica as pessoas? Como?

Eu acho que teatro modifica as pessoas. Eu sou um exemplo disso. Eu era muito tímida, e nunca pensei que poderia estar apresentando uma peça na frente de muitas pessoas, mas quando comecei a fazer teatro, fui me soltando com a ajuda de outras pessoas, tentando dar o meu melhor, convivendo com meus colegas que viraram meus amigos e eu consegui. Então sim. O teatro muda as pessoas.

 

6- O que mais gosta no CPT?

O que eu mais gosto no CPT são as aulas e os professores. Estão todos lá para te ajudar, são alegres e divertidos. As aulas são super legais e animadas. Fazemos amigos, aprendemos muito juntos e ajudamos uns aos outros.

 

7- Quer deixar um recado àqueles que mais te ajudaram este semestre?

Eu queria muito agradecer a minha professora que me ajudou, me ensinou muito e me mostrou que é possível vencer alguns obstáculos na vida. Quero agradecer os meus colegas, porque sem eles eu não conseguiria. Eles me ensinaram que juntos podemos conseguir qualquer coisa. Queria agradecer também aos meus pais que me apoiaram e acreditaram em mim e toda a equipe do CPT, sempre animada e disposta a ajudar.

QUE LEGAL ANA! VOCÊ JÁ DEMONSTRA GRANDE CRESCIMENTO EM APENAS UM TRABALHO NO TEATRO! PARABÉNS PELA INDICAÇÃO E CONTE CONOSCO PARA CONTINUAR A CAMINHADA!

 

Entrevista com Marília Brandão

Indicada na Categoria Adulta do troféu de Melhor Atuação

1- Como se sentiu ao saber que foi indicado(a) ao prêmio?

Eu me senti incentivada a me entregar e dedicar mais ao teatro, às aulas, ao grupo, aos personagens.... me senti, também, valorizada pelo empenho que tive no último semestre. 

 

2- Qual foi sua personagem e como ela te fez crescer este semestre?

 Meu personagem foi um travesti muito colorido e "abusado"! Foi um grande desafio, por ser diferente do que já tinha feito até agora, foi também uma alegria muito grande, por ser um personagem "prá cima",  divertido e alegre.

 

3- Responda em poucas palavras como se sente:

a) Quando está ensaiando em sala

Os ensaios em sala de aula são sempre muito divertidos e proveitosos: pelos jogos, pelos desafios, pelo grupo, pelo professor....  

b) Quando está decorando seu texto

Decorar o texto é a parte mais fácil para mim porque é a parte mais racional do teatro. Dar vida ao personagem é bem mais complexo.

c) Quando o dia do espetáculo está chegando

d) No dia do espetáculo

Os dias que antecedem ao espetáculo, bem como o dia do espetáculo são sempre de muita adrenalina, muita energia. A palavra que mais define a sensação nesses dias é vida, sentir-se vivo.

e) Após o espetáculo

Após o espetáculo vem um sentimento de missão cumprida, gratidão e satisfação por ter conseguido vencer o desafio.

 

 4- O que você mais admira em um grande ator (atriz)?

O que mais admiro num grande ator é a entrega. Deixar-se envolver e ser envolvido pelo personagem. Permitir-se ser outra pessoa por algumas horas ou dias.

 

5- Você acha que o teatro modifica as pessoas? Como?

Certamente o teatro modifica as pessoas. Além de me tornar uma pessoa mais feliz, mais leve, me deixou também mais "solta", mais entregue à vida. Me fez experimentar mais sentimento que razão, ou me trouxe mais equilíbrio entre os dois.

 

6- O que mais gosta no CPT?

O que mais gosto no CPT são os professores. Conviver e aprender com o saudoso Ronaldo Boschi foi um grande presente. Continuar com a Roberta foi uma grata surpresa e uma oportunidade de crescimento muito grande. Ter o Argileu, atualmente, como professor/diretor é uma dádiva. Ele é um professor e um ser humano muito especial, muito competente e com uma percepção incrível.

MARÍLIA, PARABÉNS PELA INDICAÇÃO! O CPT ACOMPANHA COM MUITO ORGULHO SUA TRAJETÓRIA!

 

Entrevista com Gaby Duarte

Indicada na Categoria Infantil do troféu de Atuação Revelação

1- Como se sentiu ao saber que foi indicado(a) ao prêmio?

Eu fiquei muito feliz ao saber que fui indicada ao prêmio senti que eu fiz um bom trabalho no semestre. 

 

2- Qual foi sua personagem e como ela te fez crescer este semestre?

Incorporar um homem pra mim foi o maior desafio deste semestre.

 

3- Responda em poucas palavras como se sente:

a) Quando está ensaiando em sala

Me sinto tranquila e feliz.

b) Quando está decorando seu texto

Pra mim é normal como se estivesse lendo um livro.

c) Quando o dia do espetáculo está chegando

Fico muito ansiosa doida pra chegar o dia do espetáculo.

d) No dia do espetáculo

Fico bastante feliz, muito ansiosa mas ao mesmo tempo eu fico tranquila por que sei que eu fiz tudo certinho todo o semestre.

e) Após o espetáculo

Após o espetáculo me sinto eufórica feliz por ter dado tudo certo.

 

 4- O que você mais admira em um grande ator (atriz)?

Desde pequena meu sonho sempre foi ser atriz, por isso quando fiquei mais velha quis fazer teatro.

 

5- Você acha que o teatro modifica as pessoas? Como?

Sim.No teatro nos comunicamos melhor, passamos a ver o mundo com outros olhos.

 

6- O que mais gosta no CPT?

O convívio que temos com nossos colegas e professores.

7- Quer deixar um recado àqueles que mais te ajudaram este semestre?

Gratidão à minha professora Cris Oliver, por muitas vezes que tive que me ausentar, já próximo ao espetáculo. E também agradecer a equipe do CPT por sempre estar nos ajudando nos dando auxílio. Muito obrigada a todos da equipe do  CPT.

PARABÉNS GABY! A INDICAÇÃO AO TROFÉU COM CERTEZA SE DEU PELO SEU EMPENHO E DEDICAÇÃO. CONTINUE A JORNADA E CONTE CONOSCO!

 
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

© 2014 por RLB/CPT Todos os direitos reservados