• Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

© 2014 por RLB/CPT Todos os direitos reservados

Ganhadores

 
03-_Nathália_Tenaglia.jpg
05- Sara de Castro.jpg
06- Célio Maciel.jpg

Indicados

 
01- Evandro.jpg
02- Ana Maria.jpg
04- Juju Lansdowne.jpg
07-_Luísa_Moro.jpg
08- Duda Mesquita.jpg
9- Isabela Coutinho.jpg
10- Maria Clara Torquetti.jpeg
11- Julia Magri.jpg
12- Maria Eduarda Parreira.jpg
13- rafaela bernardi2.jpg

Entrevista com Nathália Tenaglia

Ganhadora na Categoria Adulta do troféu de Atuação Revelação

1- Quais os motivos considera que te levaram a ser o(a) ganhador(a) deste prêmio?

Imagino que meu comprometimento com os ensaios, com a turma e a dedicação com o papel me ajudaram a ganhar o prêmio, além do que a  personagem que interpretei foi um grande desafio por ser muito diferente de mim e por ser algo que eu nunca tinha feito antes.

2- O que você e sua personagem têm em comum? E de oposto?

Acho que não temos muitos pontos em comum, na verdade somos até muito diferentes uma da outra. A Sra. Frola é uma senhora que pensa muito no que vai dizer, é bem delicada e controlada, já eu costumo ser mais descontraída e "solta", já que tento não me prender muito para tomar decisões ou decidir o que falar. Tento ser sempre a mais autêntica possível.

  

3- Há quanto tempo faz teatro junto ao CPT e o que descobriu até agora?

Já estou no CPT há 5 anos, e nesse tempo descobri uma área que tem me encantado a cada dia mais, o “poder” de ser outra pessoa por um tempo e mostrar isso para o público. Espero ainda descobrir muito mais nesse espaço.

  

4- Você descobriu algo novo sobre si mesmo fazendo teatro? O que?

Descobri que sou capaz de falar em público, inclusive um público grande, e também posso assumir a liderança em certas ocasiões, o que tem me ajudado muito tanto dentro quanto fora do teatro.

 

5- Como você se sente:

a)   Quando está ensaiando em sala

Me sinto feliz. Quando estou dentro da sala de ensaio eu esqueço de tudo que está acontecendo no lado de fora, esqueço todos os meus problemas e preocupações e foco apenas no que está acontecendo nos ensaios, que são momentos extremamente prazerosos.

b)   Quanto está decorando seu texto

É um momento que eu começo a me encaixar no papel, à medida que vou lendo o texto vou conhecendo e construindo minha nova personagem, e aos poucos vou me sentindo como a própria personagem.

c)   Quando o dia do espetáculo está chegando

Fico com um pouquinho de medo de acontecer algum imprevisto ou algo dar errado, mas a ansiedade para que o dia do espetáculo chegue logo é maior e só consigo pensar sobre como vai ser o espetáculo até o tão esperado dia.

d)   No dia do espetáculo

Fico muito animada e conto os minutos até a hora da cortina abrir, é muito gostoso ver toda a turma junta, todos caracterizados e igualmente ansiosos. E também não podemos esquecer do frio na barriga antes do terceiro sinal.

e)   Após o espetáculo

Uma mistura de alegria e tristeza. É um pouco confuso, mas é que eu fico feliz por ter conseguido concluir mais um espetáculo com louvor, mesmo com alguns erros, e triste por ter acabado mais um semestre e mais um espetáculo.

 

 6- Você indicaria fazer teatro a alguém? Por que?

Sim, pois, além de ser uma forma de diminuir a timidez, ajuda a ter senso de responsabilidade, dedicação e a aprender a trabalhar em grupo, o que não é importante apenas para o teatro, mas para toda a vida.

 

7- O que mais gosta no CPT?

Gosto do comprometimento que o CPT possui, tanto com os alunos quanto com os responsáveis, ao realizar um festival todo final de semestre e ajudar os alunos a se desenvolverem tanto artisticamente quanto pessoalmente.

 

8- Deixe aqui seus agradecimentos especiais àqueles que mais contribuíram para que seu semestre fosse um sucesso:

Queria agradecer aos meus pais, que me apoiam no teatro desde o começo da minha trajetória, e que sem eles eu realmente não teria conseguido.

Quero agradecer também ao Júlio, que dirigiu o espetáculo desse semestre e que nos ensinou muitas coisas novas e esteve sempre incentivando toda a turma a fazer um ótimo espetáculo.

E também quero agradecer a todo o elenco que ajudou a colocar a peça de pé apesar de toda a dificuldade do semestre.

robertaluchini-32.jpg
robertaluchini-191.jpg
robertaluchini-184.jpg
 

Entrevista com Sara de Castro

Ganhadora na Categoria Infantil do troféu de Atuação Revelação

1- Quais os motivos considera que te levaram a ser o(a) ganhador(a) deste prêmio?

Eu acho que o motivo que me levou a ser ganhadora foi a minha dedicação dentro e fora de cena e saber ouvir as críticas.

 

2- O que você e sua personagem têm em comum? E de oposto?

Em comum acredito que temos uma ambição (a do meu personagem é maior) e de oposto acredito que o meu personagem seja mau caráter e não sabe os limites para alcançar seus objetivos.

 

3- Há quanto tempo faz teatro junto ao CPT e o que descobriu até agora?

Eu faço Teatro com o CPT há 3 anos e meio e acredito que descobri coisas valiosas sobre o Teatro e sobre mim.

 

4- Você descobriu algo novo sobre si mesmo fazendo teatro? O que? 

Eu descobri diversas coisas sobre mim como meus potenciais de enfrentar desafios como por exemplo personagens que não humanos ou de gêneros diferentes.

 

5- Como você se sente:

a)   Quando está ensaiando em sala

Quando estou ensaiando me sinto muito responsável e me preparando para um novo desafio.

b)   Quanto está decorando seu texto

Quando estou decorando o meu texto me sinto descobrindo um novo eu.

c)   Quando o dia do espetáculo está chegando 

Quando o dia do espetáculo está chegando me sinto ansiosa.

d)   No dia do espetáculo 

No dia do espetáculo me sinto como se aquela peça não pudesse acabar.

e)   Após o espetáculo

Quando o espetáculo acaba me sinto muito bem, porém gostaria de apresentar várias e várias vezes

 

6- O que mais gosta no CPT?

O que eu mais gosto no CPT é a variedade do texto e o modo de praticar o Teatro.

 

7- Deixe aqui seus agradecimentos especiais àqueles que mais contribuíram para que seu semestre fosse um sucesso:

Gostaria de agradecer a minha Família e amigos, aos meus colegas de Teatro, a Cris Oliver e a toda a equipe do CPT que contribuiu para o espetáculo.

DSC_2793.jpg
DSC_2803.jpg
DSC_2525.jpg
 

Entrevista com Célio Maciel

Ganhador na Categoria Adulta do troféu de Melhor Atuação

1- Quais os motivos considera que te levaram a ser o(a) ganhador(a) deste prêmio?

Poxa! Essa foi a minha segunda peça e eu fiquei muito honrado pela indicação ao prêmio de melhor atuação e imensamente feliz por ter sido premiado. Acredito ser a atenção às aulas, aos exercícios, a abertura às dicas do diretor e dos colegas atores. Todos são corresponsáveis por essa premiação. E o troféu só veio para provar que estou aprendendo direitinho com eles!

2- O que você e sua personagem têm em comum? E de oposto?

Em comum: rei Creonte é muito objetivo e eu também o sou.

Em oposto: Ele é insensível e eu não

 

3- Há quanto tempo faz teatro junto ao CPT e o que descobriu até agora?

Iniciei há pouco tempo, em agosto de 2017 e tive o prazer de entrar numa equipe de talentosas pessoas e ter como diretor o Argileu Rodrigues, uma pessoa sensível e acolhedora e que ama o que faz pois, demonstra isso em todos seus movimentos! Eu descobri que estudar teatro e atuar é melhor do que eu pensava e que, o meu sonho de adolescência, não havia se perdido. Apenas adormecido e acordou com muita energia e vontade. E que atuar, será sempre um delicioso desafio!

 

4- Você descobriu algo novo sobre si mesmo fazendo teatro? O que? 

Sim, descobri que adoro ser desafiado, e dou conta do recado kkkk.

 

5- Como você se sente:

a)   Quando está ensaiando em sala

Um prazer imenso! 

b)    Quanto está decorando seu texto

Sempre penso que não vou consegui kkk!!

c)     Quando o dia do espetáculo está chegando

Uma emoção muito forte.

d)    No dia do espetáculo

Uma adrenalina que sobe e desce no corpo, e uma satisfação de estar junto com aquelas pessoas fantásticas, uma equipe unida.

e)     Após o espetáculo

Satisfação do dever cumprido e ainda, uma felicidade de perceber como foi gratificante estar ali, contracenando com todos, e vendo a alegria do público. A adrenalina não vai embora fácil kkkkk!!

6- Você indicaria fazer teatro a alguém? Por que?

Sim e sempre pois, o teatro tem o dom de promover as pessoas a um nível melhor de conhecimento. Conhecimento interno e externo.

 

7- O que mais gosta no CPT?

Gosto muito do método de ensino de teatro do CPT, com troca de experiências e que nos possibilita encarar as nossas limitações e desenvolver nossas aptidões.

 

8- Deixe aqui seus agradecimentos especiais àqueles que mais contribuíram para que seu semestre fosse um sucesso:

Ao Argileu nosso diretor que me proporcionou explorar um pouco mais das minhas potencialidades. Às atrizes Esther e Jade pela satisfação de contracenar com elas que me enriqueceram com suas atuações. Gratidão a equipe de atores pois, com cada um eu aprendo um pouco. A toda minha família, amigos e pessoas que mandam energias positivas mesmo sem me conhecerem pessoalmente. Enfim, a todos os que me incentivam e acreditam em mim.

Muito obrigado!

robertaluchini-80.jpg
robertaluchini-111.jpg
robertaluchini-78.jpg
 
 

Entrevista com Evandro Rodrigues

Indicado na Categoria Adulta do troféu de Atuação Revelação

1- Como se sentiu ao saber que foi indicado(a) ao prêmio?

Fiquei muito feliz porque nunca havia feito teatro antes, e logo na minha estreia ser destaque na minha turma ao ser indicado para a categoria ator revelação foi bastante gratificante e motivador para seguir firme no universo das artes cênicas.

2- Qual o maior desafio trazido pela sua personagem este semestre?

Bom, tenho uma personalidade mais séria, e o meu personagem, como todos os outros da nossa peça, levava ao público o humor por ser tratar de uma peça de comédia. Assim, quebrar a seriedade dentro de mim e entrar no clima mais humorístico foi desafiante, mas ainda assim, o mais complicado mesmo foi dominar a minha deixa de falar, porque o texto era muito dinâmico e as cenas aconteciam muito rápido.

 

3- Como você se sente:

a) Quando está ensaiando em sala

Prazer, alegria e paz. O meu dia a dia durante a semana é bem corrido devido ao trabalho, estudos e outros afazeres. Dentro de sala eu me desconecto de todos os problemas e compromissos semanais e me envolvo nos jogos teatrais, estudos do texto e tudo aquilo que é ministrado em sala de aula e me sinto realizado porque o curso de teatro era algo que eu objetivava como um hobby há muito tempo.

b) Quanto está decorando seu texto

Decorar texto não é uma atividade muito prazerosa no teatro, me sinto inquieto neste momento, mas procuro decorar com dedicação, pois estar com o texto bem decorado é essencial para o desenvolvimento e sucesso no espetáculo.

c) Quando o dia do espetáculo está chegando

Quanto mais vai se aproximando o dia do espetáculo, mais a ansiedade vai aumentando e também a responsabilidade em realizar uma boa atuação para levarmos ao público um momento bem prazeroso ao assistir o nosso espetáculo.

d) No dia do espetáculo

O dia do espetáculo é o mais especial de todos, e é uma felicidade imensa ver o trabalho em equipe realizado durante todo um semestre sendo estreado e apresentado ao público. É emocionante sentir o brilho nos olhos de todos, a adrenalina a mil por hora devido ao nervosismo, mas o mais legal de tudo é quando as cortinas se abrem, uma mistura de sentimentos tomam conta do nosso ser, nervosismo, incertezas, medo, felicidade, empolgação e tudo isso nos proporciona prazer, prazer e prazer...

e) Após o espetáculo

Alívio por tudo ter ocorrido da forma como esperávamos, sensação de dever cumprido e ansiedade para que venha o próximo espetáculo.

 

4- O que mais te motiva a fazer teatro?

O teatro é algo que eu amo e admiro, e me sinto motivado a fazer teatro porque ele simplesmente me faz bem, me faz ser uma pessoa de mais atitude, ousada, feliz e pensante.

 

5- Você acha que o teatro modifica as pessoas? Como?

Sim, o teatro nos modifica completamente, digo por experiência própria. O teatro tira da gente a timidez, melhora nossa comunicação, nos torna seres humanos mais críticos e sensíveis e muitas outras mudanças...

 

6- O que mais gosta no CPT?

Gostei no CPT da organização dos espetáculos, e atenção para com os alunos, a metodologia e a possibilidade de estreitar no teatro tão rápido mesmo sem nunca ter feito curso de teatro antes.

 

7- Deixe um recado àqueles que mais te ajudaram este semestre:

Ninguém faz teatro sozinho, é um trabalho realizado em equipe. Então, meu agradecimento primeiramente vai para o nosso professor Júlio Vianna, que arrasa na maneira de ministrar as aulas e possui uma excelente metodologia de ensino, e a todo tempo nos motivou e nos preparou para o espetáculo com dedicação e acreditando no nosso potencial.

E não posso deixar de citar aqui, toda a turma de ASSIM É, SE LHE PARECE, que mesmo diante das dificuldades de cada um e que surgiram ao longo do curso foram até o fim e realizaram um excelente espetáculo. Um abraço a todos!!!

amandadutra-11.jpg
amandadutra-30.jpg
 

Entrevista com Ana Maria Ferreira

Indicada na Categoria Infantil do troféu de Atuação Revelação

1- Como se sentiu ao saber que foi indicado(a) ao prêmio?

Foi uma alegria enorme saber que fui bem na peça.

2- Qual o maior desafio trazido pela sua personagem este semestre?

Intepretar dois homens tendo que engrossar a voz e para um ter que fazer sotaque italiano 
 

3- Como você se sente:

a) Quando está ensaiando em sala

Alegre pois sei que ensaiando irei conseguir fazer a peça.
b) Quanto está decorando seu texto

Procuro me imaginar vivendo a cena para na hora ficar mais espontâneo não só no teatro mais também nos filmes.
c) Quando o dia do espetáculo está chegando

Fico ansiosa pensando será que vou conseguir.
d) No dia do espetáculo

Muito ansiosa pois sei que depende dos atores para que a peça fique boa.
e) Após o espetáculo

Aliviada pois consegui, junto aos meus amigos, fazer bonito.
 

4- O que mais te motiva a fazer teatro?

A possibilidade de fazer a cena ao vivo e ter a resposta do público de imediato.
 

5- Você acha que o teatro modifica as pessoas? Como?

Sim pois ele mostra como não sentir vergonha, também para fazer uma cena difícil precisamos de coragem e vivemos uma emoção incrível. 
 

6- O que mais gosta no CPT?

O modo de ensinar, a organização a atenção dos professores com o aluno.

 

7- Deixe um recado àqueles que mais te ajudaram este semestre:

Minha mãe me motivou muito devo muito a ela. Ela que acreditou em mim junto com a minha avó. Também queria agradecer a Cris Oliver, minha professora, que ajudou a todos da minha turma e ao Centro de Pesquisas Teatrais (CPT). Obrigada por tudo a todos que mencionei.

amandadutra-50.jpg
robertaluchini

Entrevista com Ana Maria Ferreira

Indicada na Categoria Infantil do troféu de Atuação Revelação

1- Como se sentiu ao saber que foi indicado(a) ao prêmio?

Foi uma alegria enorme saber que fui bem na peça.

2- Qual o maior desafio trazido pela sua personagem este semestre?

Intepretar dois homens tendo que engrossar a voz e para um ter que fazer sotaque italiano 
 

3- Como você se sente:

a) Quando está ensaiando em sala

Alegre pois sei que ensaiando irei conseguir fazer a peça.
b) Quanto está decorando seu texto

Procuro me imaginar vivendo a cena para na hora ficar mais espontâneo não só no teatro mais também nos filmes.
c) Quando o dia do espetáculo está chegando

Fico ansiosa pensando será que vou conseguir.
d) No dia do espetáculo

Muito ansiosa pois sei que depende dos atores para que a peça fique boa.
e) Após o espetáculo

Aliviada pois consegui, junto aos meus amigos, fazer bonito.
 

4- O que mais te motiva a fazer teatro?

A possibilidade de fazer a cena ao vivo e ter a resposta do público de imediato.
 

5- Você acha que o teatro modifica as pessoas? Como?

Sim pois ele mostra como não sentir vergonha, também para fazer uma cena difícil precisamos de coragem e vivemos uma emoção incrível. 
 

6- O que mais gosta no CPT?

O modo de ensinar, a organização a atenção dos professores com o aluno.

 

7- Deixe um recado àqueles que mais te ajudaram este semestre:

Minha mãe me motivou muito devo muito a ela. Ela que acreditou em mim junto com a minha avó. Também queria agradecer a Cris Oliver, minha professora, que ajudou a todos da minha turma e ao Centro de Pesquisas Teatrais (CPT). Obrigada por tudo a todos que mencionei.

amandadutra-50.jpg
robertaluchini

Entrevista com Juju Lansdowne

Indicada na Categoria Infantil do troféu de Atuação Revelação

1- Como se sentiu ao saber que foi indicado(a) ao prêmio?

Me senti muito emocionada, afinal foi o segundo semestre consecutivo de indicação ao Troféu. 

 

2- Qual o maior desafio trazido pela sua personagem este semestre?

Fazer o corpo do meu personagem, que era uma gaivota.

 

3- Como você se sente:

a)    Quando está ensaiando em sala

Eu me sinto como se estivesse no palco.

b)    Quanto está decorando seu texto

É um desafio a cada nova peça.

c)     Quando o dia do espetáculo está chegando

Fico com um frio na barriga.

d)    No dia do espetáculo

Eu fico muito nervosa e o frio na barriga aumenta.

e)     Após o espetáculo

Eu me sinto emocionada e feliz porque dei o melhor de mim.

 

4- O que mais te motiva a fazer teatro?

 Eu adoro atuar e me sinto livre no palco.

 

5- Você acha que o teatro modifica as pessoas? Como?

 Acho que muda muito. Melhora a timidez e o trabalho em grupo.

 

6- O que mais gosta no CPT?

A maneira como aprendo, a minha professora e toda a equipe de apoio.

 

7- Deixe um recado àqueles que mais te ajudaram este semestre:

Obrigada a Jú por ter me ajudado a fazer minha personagem, ao Argileu pela ajuda na maquiagem e a Cris por ajudar toda a turma na hora do espetáculo.

DSC_1995.jpg
DSC_2143.jpg
 

Entrevista com Luísa Moro

Indicada na Categoria Infantil do troféu de Atuação Revelação

1- Como se sentiu ao saber que foi indicado(a) ao prêmio?

Fiquei muito feliz, não estava esperando, foi uma surpresa incrível.     

 

2- Qual o maior desafio trazido pela sua personagem este semestre?

Fazer a Mirna foi muito divertido, é uma personagem engraçada. 

 

3- Como você se sente:

a)    Quando está ensaiando em sala:

Me sinto muito feliz, cada dia gosto mais do teatro.

b)    Quanto está decorando seu texto:

Tem que ter muita responsabilidade e se entregar ao texto.

c)     Quando o dia do espetáculo está chegando:

Me sinto muito nervosa e ansiosa.

d)    No dia do espetáculo:

Me sinto mais nervosa ainda, rsrsrs...

 e)     Após o espetáculo:

Me sinto aliviada e muito feliz.

 

4- O que mais te motiva a fazer teatro?

O teatro me dá a oportunidade de viver vários personagens.

 

5- Você acha que o teatro modifica as pessoas? Como?

Sim, ajuda a gente amadurecer, desinibir e falar bem em publico.

 

6- O que mais gosta no CPT?

O carinho com que os professores nos tratam.

 

7- Deixe um recado àqueles que mais te ajudaram este semestre:

Deixo meu carinho e agradecimentos à Cris Oliver e a Argileu pela paciência e ensinamentos, meu muito obrigada.

amandadutra-30.jpg
robertaluchini-12.jpg
 

Entrevista com Duda Mesquita

Indicada na Categoria Infantil do troféu de Melhor Atuação

1- Como se sentiu ao saber que foi indicado(a) ao prêmio?

Eu me senti super feliz pois fiz o meu melhor durante as aulas e fiquei alegre por ser meu segundo semestre de indicação.

 

2- Qual o maior desafio trazido pela sua personagem este semestre?

Nesta apresentação fui o Gato de Botas e a voz e o miado do gato foram os maiores desafios ao longo dos ensaios.

 

3- Como você se sente:

a)    Quando está ensaiando em sala

Me sinto alegre por aprender cada dia mais 

b)    Quanto está decorando seu texto

Fico imaginando como devo executar a cena

c)     Quando o dia do espetáculo está chegando

 Fico ansiosa e procuro ler sempre o texto

d)    No dia do espetáculo

No dia do espetáculo sinto várias borboletas na barriga e também um pouco nervosa

e)     Após o espetáculo

Fico feliz em ver que os ensaios e as aulas ajudaram no sucesso do espetáculo.

 

4- O que mais te motiva a fazer teatro?

O que mais me motiva é querer ser uma atriz profissional e para isso sei que preciso me preparar.

 

5- Você acha que o teatro modifica as pessoas? Como?

Sim, porque as aulas de teatro ajudam no meu desenvolvimento e na minha forma de me expressar.

 

6- O que mais gosta no CPT?

 Das diferentes formas que são usadas pela professora nas aulas.

 

 7- Deixe um recado àqueles que mais te ajudaram este semestre:

Várias pessoas me ajudaram nesse semestre, a professora Cris me ajudou com as técnicas e dando dicas durante os ensaios, a minha mãe Carol que me leva em todas as aulas e a todos os meus convidados que sempre estão presentes em minhas apresentações. Agradeço o carinho dos professores, coordenadores e diretores da Escola Municipal Governador Carlos Lacerda que me apoiaram e prestigiaram a minha apresentação.

As Estripulias do Gato de Botas-2796.jpg
As Estripulias do Gato de Botas-2764.jpg
 

Entrevista com Isabela Coutinho

Indicada na Categoria Infantil do troféu de Melhor Atuação

1- Como se sentiu ao saber que foi indicado(a) ao prêmio?

Me senti muito feliz e senti que o esforço tinha valido a pena! 

 

2- Qual o maior desafio trazido pela sua personagem este semestre?

O corpo de gaivota, porque é difícil representar um corpo que não é parecido com o seu, no caso, o de um pássaro, não um ser humano.

 

3- Como você se sente:

a)    Quando está ensaiando em sala

Sinto que estou evoluindo. Estou treinando, aprendendo o que errei para melhorar em casa. Gosto muito de fazer teatro.

b)    Quanto está decorando seu texto

Fico pensando nas entonações diferentes para o personagem, faço uma foto na mente da página do texto para me ajudar a guardar as falas e fico decorando e juntando fala a fala. É empolgante.  

c)     Quando o dia do espetáculo está chegando

Fico ansiosa, contando os dias!

d)    No dia do espetáculo

Fico um pouco nervosa, mas depois relaxo porque é um dia muito alegre!

e)     Após o espetáculo

           Me sinto realizada, com sensação de dever cumprido!

 

4- O que mais te motiva a fazer teatro?

 Ser atriz é um grande sonho que tem se tornado realidade desde que entrei no CPT há dois anos. Eu gosto muito das aulas, dos professores e dos meus colegas. 

 

5- Você acha que o teatro modifica as pessoas? Como?

 Acho que sim, porque dá mais responsabilidade para as pessoas, muda o nosso jeito de pensar, estimula a nossa criatividade e o trabalho em equipe. Nós entregamos o nosso corpo para o personagem existir, trabalhamos cada detalhe, e isso faz a gente aprender muitas coisas.

6- O que mais gosta no CPT?

Gosto do compromisso que o CPT tem com os alunos, e acho que os alunos também precisam ter esse compromisso. Tem que ser de um lado e do outro.

 

7- Deixe um recado àqueles que mais te ajudaram este semestre:

Queria deixar um recado para minha professora Juliana e para minha mãe.

Ju, queria te agradecer muito por toda sua ajuda durante o semestre, principalmente por ter me ajudado a construir o personagem Fernão e pelas dicas do que melhorar! Você é uma ótima professora! Muito obrigada! Beijos, Isabela.

Mãe, muito obrigada por ter me dado dicas de atuação e por ter treinado comigo em casa. Beijos, Isabela.

amandadutra-25.jpg
Fernão Capelo -1224.jpg
 

Entrevista com Maria Clara Torquetti

Indicada na Categoria Infantil do troféu de Melhor Atuação

1- Como se sentiu ao saber que foi indicado(a) ao prêmio?

Eu me senti muito feliz quando descobri que fui indicada, pois este semestre tentei me esforçar ao máximo para melhorar e deixar o personagem diferente e do jeito que eu achei que mais combinasse .

 

2- Qual o maior desafio trazido pela sua personagem este semestre?

 O maior desafio do semestre foi entender realmente o que estava acontecendo e como meu personagem ajudava para isso...

 

3- Como você se sente:

a)    Quando está ensaiando em sala

Eu estou concentrada e calma...

b)    Quanto está decorando seu texto

Estou sempre muito ansiosa para saber como ficará no ensaio e na peça.

c)     Quando o dia do espetáculo está chegando

Estou muito inquieta e nervosa.

d)    No dia do espetáculo

Estou feliz e curiosa para ver os figurinos, o cenário...

e)     Após o espetáculo

Estou querendo saber  que acharam da peça.

 

4- O que mais te motiva a fazer teatro?

O que mais me motiva a fazer teatro e a diversão!

 

5- Você acha que o teatro modifica as pessoas? Como?

 Eu acho que o teatro modifica as pessoas e que as deixa mais felizes e menos tímidas.

 

6- O que mais gosta no CPT?

 Eu gosto do modo de ensino do C.P.T. e do acolhimento de todos.

 

7- Deixe um recado àqueles que mais te ajudaram este semestre:

Eu gostaria de agradecer ao meu diretor Argileu Rodrigues que me ajudou com a questão da timidez e do volume assim eu cresci não somente no teatro mas também fora dele...Obrigada!

Um Inimigo do Povo-1868.jpg
amandadutra-27.jpg
 

Entrevista com Júlia Magri

Indicada na Categoria Infantil do troféu de Atuação Revelação

1- Como se sentiu ao saber que foi indicado(a) ao prêmio?

Eu fiquei muito feliz, apesar de ter me dedicado muito foi uma grande surpresa quando ouvi meu nome.
 

 2- Qual o maior desafio trazido pela sua personagem este semestre?

O meu personagem era um homem muito sério então tive que me conter para representa-lo de maneira bem espontânea.
 

 3- Como você se sente:

a)    Quando está ensaiando em sala

Já imagino o personagem no palco e fico pensando nos seus gestos, modo de andar, falar e assim tento dar vida a ele.
b)    Quanto está decorando seu texto

Sempre leio a peça toda e depois me concentro nas minhas falas pois temos que entender tudo que está acontecendo e por quê. Assim fica mais fácil de decorar e entender a peça.
c)     Quando o dia do espetáculo está chegando

Geralmente fico muito ansiosa e nervosa, torcendo para que saia tudo certinho conforme os ensaios. 
d)    No dia do espetáculo

Dá aquele frio na barriga mas quando as cortinas se abrem a começamos a apresentar procuro dar o melhor de mim  para que a peça seja um sucesso.
e)     Após o espetáculo

A alegria, a satisfação e a sensação de ter feito o melhor para que a plateia saia feliz de ter vindo assistir ao espetáculo.
 

 4- O que mais te motiva a fazer teatro?

Eu adoro poder interpretar diferentes personagens, tento sempre imaginar como seria viver a vida deles isso é muito legal para nossa criatividade.
 

 5- Você acha que o teatro modifica as pessoas? Como?

Sim, com certeza, afinal ampliamos nosso conhecimento aprendemos a enfrentar o medo, insegurança, temos que improvisar algumas vezes e principalmente aumentar nossa imaginação.
 

6- O que mais gosta no CPT?

Adoro tudo no CPT, o local, a equipe, o atendimento... todos sendo muito simpáticos.
 

 7- Deixe um recado àqueles que mais te ajudaram este semestre:

Adoraria agradecer a minha turma que sempre apoia um ao outro e principalmente ao meu professor Argileu que nos incentiva a melhorar cada vez mais!

amandadutra-28.jpg
Um Inimigo do Povo-1885.jpg
 

Entrevista com Duda Silva

Indicada na Categoria Infantil do troféu de Melhor Atuação

1- Como se sentiu ao saber que foi indicado (a) ao prêmio?

Senti-me muito feliz, é a segunda vez que sou indicada, sinto que estou atuando bem.

 

2- Qual o maior desafio trazido pela sua personagem este semestre?

Fazer uma gaivota, no início, fiquei confusa, mais depois fiquei mais interagida com o personagem e me esforcei ao máximo.

 

3- Como você se sente:

a)    Quando está ensaiando em sala

Me sinto bem à vontade, é um momento que me solto como se o mundo lá fora não existisse.

b)    Quanto está decorando seu texto

Me dedico ao máximo, para decorar o texto e não errar no tão esperado dia.

c)     Quando o dia do espetáculo está chegando

 Sou mega ansiosa, nem durmo no dia anterior, uma sensação de medo de dar alguma coisa errada.

d)    No dia do espetáculo

Uma mistura de felicidade com emoção, finalmente o dia de colocar em prática tudo que aprendi no semestre, mas ao mesmo tempo uma sensação de ansiedade misturada com medo, e aquele friozinho na barriga que me acompanha em todos os espetáculos.

e)     Após o espetáculo

Me sinto feliz e agradecida em saber que tudo correu bem.

 

4- O que mais te motiva a fazer teatro? 

A questão de gostar de atuar, estar no palco pra mim é muita emoção, ver as pessoas nos assistindo, prestigiando nosso esforço, isso é muito gratificante.

 

5- Você acha que o teatro modifica as pessoas? Como? 

Com certeza modifica. Melhora a timidez, a interação com as pessoas.

 

6- O que mais gosta no CPT? 

Adoro o CPT, são responsáveis, pontuais, não tenho nada a reclamar, e sim a agradecer o carinho e respeito que tem com os alunos.

 

7- Deixe um recado àqueles que mais te ajudaram este semestre: 

Em primeiro lugar agradecer a Deus, meus pais que sempre me apoiaram desde o início. Agradeço em especial à Juliana que foi minha professora nos três semestres, o que aprendi agradeço a ela, pela paciência, dedicação e carinho, ela nos incentiva a correr atrás dos nossos sonhos, por isso Ju, esse próximo semestre não estarei mais com você, mas tenho certeza que os ensinamentos que tive levarei para vida toda e sei também que tenho muito a aprender. Estou indo para a turma adulta com a Jordana em busca de novos desafios.

Agradeço toda equipe CPT, pela indicação, e não posso deixar de agradecer também àqueles que foram me prestigiar assistindo a peça, pois sei que essas pessoas torcem por mim. Um grande beijo.

Fernão Capelo -1242.jpg
Fernão Capelo -1206.jpg
 

Entrevista com Rafaela Bernardi

Indicada na Categoria Adulta do troféu de Melhor Atuação

1- Como se sentiu ao saber que foi indicado (a) ao prêmio?

Fiquei muito feliz, realmente eu não estava esperando, foi uma surpresa muito boa!

 

2- Qual o maior desafio trazido pela sua personagem este semestre?

Eu tive que interpretar dois personagens completamente diferentes, mas isso ajudou a me expressar mais e melhor.

 

3- Como você se sente:

a)    Quando está ensaiando em sala

Feliz, pois estou com meus amigos 

b)    Quanto está decorando seu texto

Determinada  e concentrada 

c)     Quando o dia do espetáculo está chegando

 Ansiosa, e um pouco nervosa, não vou mentir...rsrs

d)    No dia do espetáculo

Super ansiosa, não vejo a hora de apresentar o que eu e meus colegas batalhamos tanto :)

e)     Após o espetáculo

Feliz por ter conseguido fazer o melhor possível 

 

4- O que mais te motiva a fazer teatro? 

O teatro nos ensina diversas coisas, como disciplina, atenção, concentração, etc. E isso me ajuda muito no dia a dia. 

5- Você acha que o teatro modifica as pessoas? Como? 

Sim, muito! Com o teatro além de aprender a atuar melhor a cada semestre, nós aprendemos muitas outras coisas... teatro não é só decorar as falas e apresentar, é muito além disso! Nós fazemos diversos amigos, o que facilita no desempenho da turma, também perdi muito a timidez, o que era um obstáculo na minha vida.

6- O que mais gosta no CPT? 

Ahh....muita coisa!! Estou no CPT desde 2012, e tive diversos diretores e todos eles são incríveis! Todos me passaram várias lições que vou levar pra vida toda. E também a convivência dos alunos, sempre somos muito unidos e temos uma ótima interação  com os diretores, isso faz uma enorme diferença!!!

 

7- Deixe um recado àqueles que mais te ajudaram este semestre: 

Muito obrigada ao meu diretor Reginaldo, ou Regis para os próximos kkk, você me ensinou muita coisa, me ajudou muito, obrigada de verdade, te amo!

A Todos os meus colegas: a maioria eu conheci esse ano e eu amei conhecer vocês! Vocês são incríveis sei que vou levar a amizade de vocês pra sempre!!!

 Abraços!

amandadutra-54.jpg
amandadutra-25.jpg